“Ela está abalada”, diz avó sobre mãe que perdeu filho em incêndio no DF

Recuperando-se no Hran de queimaduras, Luzinete Barbosa havia perdido outro filho precocemente. Amigos fazem vaquinha para ajudar família

atualizado 07/10/2020 14:06

Reprodução

A família de Leonardo Henrique Pereira da Costa, 10 anos, que morreu asfixiado em decorrência da inalação da fumaça de um incêndio doméstico, em Planaltina, tenta se reerguer. Enquanto a mãe do garoto, Luzinete Barbosa, se recupera no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), amigos da avó, a pastora Maria das Graças, organizam vaquinha para ajudá-la.

Maria das Graças disse ao Metrópoles que Luzinete está muito abalada. “O psicológico dela está abalado em dobro. Ela está com o corpo queimado e ainda perdeu o filho. Para quem já tem problema de depressão, perder o segundo filho em tão pouco tempo é muito difícil”, afirmou.

0

Luzinete teve queimaduras de 1º e 2º graus nos braços e nas pernas, sofridas quando tentou tirar o caçula da casa em chamas da avó. Um psicólogo da unidade de saúde deu a trágica notícia para a mãe do garoto, que deve ficar hospitalizada, pelo menos, por mais uma semana.

A casa ficou destruída. Quando as chamas tomaram conta da residência, o menino estava no imóvel com a mãe. Ambos moram na Cidade Ocidental, no Entorno do DF. O local da tragédia fica na Rua Hugo Lobo, no Setor Tradicional de Planaltina.

O menino foi sepultado nessa terça-feira (7/10), em cerimônia sem a presença da mãe e da avó.

Apesar das apurações preliminares, o laudo definitivo do Instituto de Criminalística, inclusive o do local, deverão ser concluídos em 40 dias. As primeiras informações, repassadas por testemunhas, é de que o garoto brincava com uma caixa de fósforos, fazendo fogueiras no terreno da residência, na noite anterior ao incêndio.

Vaquinha

Condenada pela Defesa Civil, a casa deverá ser demolida. Amigos da igreja de Maria das Graças organizam uma vaquinha virtual para auxiliá-la. “Perdi tudo: casa, roupas, alimento. É para me ajudar com aluguel, água, luz e tudo isso que perdi”, explicou a pastora.

A avó de Leonardo Henrique recebeu doação de geladeira e fogão. Ela vai buscar os eletrodomésticos no Plano Piloto. Está dormindo em casas “de irmãos da igreja”.

Quem quiser ajudar a família pode contribuir com a vaquinha on-line.

Últimas notícias