Oito em cada 10 famílias do DF estão endividadas. Cartão é maior vilão

Estudo da Fecomércio-DF aponta um total de 785.831 unidades familiares no vermelho no mês de março

ISTOCKISTOCK

atualizado 03/07/2019 13:15

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) informou que o número de famílias endividadas na capital da República aumentou. Em março, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) da entidade registrou 10.058 unidades familiares a mais com as contas no negativo em relação ao mês de fevereiro, totalizando 785.831. Com isso, 80,3% da população local apresentam dívidas – em 2018, no mesmo período, o percentual era de 78,6%.

Ainda segundo a pesquisa, 89,7% das famílias que estão no grupo de endividados apontaram o cartão de crédito como o grande vilão. “O mercado de trabalho desaquecido, aliado ao pagamento de tributos, afeta diretamente o orçamento das famílias que acabam recorrendo ao crédito, um dos meios de pagamentos mais utilizados e que mais geram dívidas na capital do país e em todo o Brasil”, alerta o presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia.

O estudo também mostrou que 39,8% dos entrevistados afirmaram, no momento da abordagem, terem condições de pagar a dívida totalmente e 57,2%, parcialmente. Em relação ao tempo de comprometimento com as dívidas, 26,3% disseram que elas durarão 3 meses; 14,9%, entre 3 e 6 meses; 10%, entre 6 meses e 1 ano; e 48,3%, por mais de 1 ano.

A Peic orienta os empresários do comércio de bens, serviços e turismo que utilizam o crédito como ferramenta estratégica. Ela permite o acompanhamento do perfil de endividamento das famílias, com informações sobre o nível de comprometimento da renda do consumidor com dívidas, contas e dívidas em atraso, e sua percepção em relação à capacidade de pagamento. (Com informações da Fecomércio-DF)

Últimas notícias