DF tem 374 casos de coronavírus, 4 mortes e 14 pacientes graves

São quatro infectados a mais em relação ao boletim divulgado na noite dessa quarta-feira

Homem com máscara: proteção contra a transmissão do coronavírusHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 02/04/2020 18:15

Em boletim divulgado no início da manhã desta quinta-feira (02/04), a Secretaria de Saúde do Distrito Federal mostrou que há 374 infectados pelo novo coronavírus na cidade. São quatro casos a mais do que o registrado na noite dessa quarta-feira (01/04).

De acordo com os dados, 14 pacientes estão internados em estado grave. Outros 38 se encontram em situação moderada e 233 com infecção leve. Não houve casos de curados de quarta para quinta-feira, de acordo com o boletim.

Veja gráfico:

Gráfico com casos de coronavírus no DF na manhã desta quinta (02/04)
Gráfico com casos de coronavírus no DF na manhã desta quinta-feira (02/04)

Há diferenças entre cada uma das classificações. Nas infecções leves, o paciente não apresenta pneumonia, é uma versão mais branda, e o infectado fica em isolamento domiciliar e tem acompanhamento da Secretaria de Saúde. Já os casos moderados/graves indicam os internados em leitos gerais dentro de hospitais. Eles sentem falta de ar, mudança na frequência respiratória e problemas na saturação de oxigênio no sangue.

Por fim, os casos de infecções críticas/graves são dos pacientes internados em UTIs. Eles têm insuficiência respiratória, choque séptico e possibilidade de falência múltipla dos órgãos.

No último boletim divulgado pela pasta, na noite dessa quarta-feira (01/04), a cidade registrava 370 casos confirmados do coronavírus. Houve um acréscimo de 16 novos casos da Covid-19 em relação aos números divulgados na manhã do mesmo dia.

Havia, então, 53 pacientes internados, sendo que 14 se encontravam em estado grave. Também existiam 81 situações em investigação.

Mortes

Também foi confirmada a quarta morte. José de Souza Sobrinho tinha 82 anos e era morador do Guará. Ele apresentava comorbidades: tinha hipertensão arterial e insuficiência renal crônica. O paciente estava internado no Hospital Santa Luzia desde o dia 24 de março.

A terceira morte em decorrência do novo coronavírus no Distrito Federal foi a de um idoso de 73 anos. Ele estava internado no Hospital Santa Lúcia, na Asa Sul, desde 23 de março. O óbito em decorrência da Covid-19 foi confirmado na última terça-feira (31/03).

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, a vítima apresentava algumas doenças crônicas, como hipertensão.

O morador do Núcleo Bandeirante Maurílio José de Almeida, 77, foi o segundo óbito por Covid-19 registrado no DF. Internado na UTI do Hospital Brasília, no Lago Sul, desde 27 de março, ele morreu no domingo (29/03). O teste do paciente foi confirmado na segunda-feira (30/03).

Ainda de acordo com a pasta, o idoso também tinha doenças crônicas, fato que agravou o quadro de saúde. Maurílio tinha neoplasia, cardiopatia e doença pulmonar obstrutiva crônica.

No fim de semana, o GDF comunicou a primeira morte por coronavírus no DF. Trata-se da enfermeira Viviane Rocha de Luiz, 61. Ela estava internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e faleceu na unidade de saúde no dia 23 de março

A confirmação de que a moradora de Brasília tinha a Covid-19 veio no domingo (29/03), com o resultado da contraprova, realizada pela Fiocruz, no Rio de Janeiro. Viviane também tinha comorbidades.

O leitor do Metrópoles pode ficar sempre bem informado sobre o coronavírus. Para isso, basta assinar nossa newsletter e receber todas as notícias a respeito.

 

Últimas notícias