Criança que sobreviveu a queda do 3º andar recebe alta hospitalar

Testemunhas disseram que a mãe deixou o filho sozinho no apartamento e saiu para comprar cigarro, no último sábado (05/10/2019)

atualizado 08/10/2019 14:33

Ambulância do SamuFelipe Menezes/Metrópoles

A criança de 5 anos que sobreviveu a queda do terceiro andar de um prédio no Paranoá Parque recebeu alta na tarde dessa segunda-feira (07/10/2019). O garoto foi submetido a uma bateria de exames no Hospital de Base – os resultados concluíram a ausência de ferimentos graves ou hemorragias.

“Para quem caiu do terceiro andar e teve apenas uma perna quebrada é um verdadeiro milagre”, disse a delegada-chefe da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), Jane Klébia.

Segundo informou a investigadora, a promotoria de defesa da criança e do adolescente, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), irá apurar as condições às quais a criança era submetida enquanto aos cuidados da mãe. Até que haja uma decisão da Justiça, o menino ficará sob a guarda da avó materna. O conselho tutelar da região também acompanha o caso.

Socorro

O garoto caiu do apartamento na madrugada do último sábado (05/10/2019), por volta das 5h. Vizinhos acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou a vítima ao hospital.

Com base em depoimentos de testemunhas, a mãe teria deixado a criança sozinha no apartamento para comprar cigarros. No entanto, acabou se ausentando das 23h às 5h. O filho mais velho, de 16 anos, permaneceu com o irmão. Porém, o rapaz também saiu e o menor acabou ficando sozinho. O garoto, então, subiu no sofá para olhar pela janela e caiu do terceiro andar.

O gramado, no entanto, amorteceu o tombo. Ele sofreu escoriações, mas não teve fraturas e foi levado para a unidade de saúde consciente e orientado.

Vídeo mostra momento em que a criança se levanta após a queda. Veja:

Vizinhos prestam socorro:

Últimas notícias