metropoles.com

Retrospectiva 2021: 8 vezes que a Pouca Vergonha falou sobre fetiches

Do universo BDSM aos fetiches mais diferentes, confira o que exploramos na coluna sobre sexo, muito além do papai e mamãe

atualizado

Compartilhar notícia

Sexy girl in underwear with handcuffs
1 de 1 Sexy girl in underwear with handcuffs - Foto: null

O céu é o limite quando se trata de fetiches e sexualidade. Sair da caixinha é algo recorrente para algumas pessoas, que se valem de fantasias a ideias diferentes na busca pelo ápice do prazer. “A palavra fetiche tem sido usada para se referir as pessoas que utilizam objetos, como roupas e acessórios, ou que fixam apenas uma parte do corpo da outra pessoa para ter excitação ou satisfação sexual”, explica Marcos Santos, psicólogo da plataforma Sexo sem Dúvida.

O especialista reforça que, em geral, todo mundo é fetichista em algum nível, já que partilhamos pelo desejo de transar em determinado local, ou se valendo de objeto, estilo, postura, comportamento, vestimenta ou características físicas próprias.

E, vale destacar, não há certo ou errado. Ele é visto como uma forma de se libertar dos padrões da sociedade. Todos os tipos de fetiches e fantasias são válidos na hora de buscar o prazer, desde que elas não sejam ilegais ou acabem ferindo alguém. 

0

Ao longo do ano, a Pouca Vergonha falou algumas vezes de diferentes tipos de fantasias. Confira as 8 vezes que abordamos o tema sem tabus e com (muita!) informação.

Sexo diferentão: você pode ser kinky e talvez nem saiba

O termo kinky engloba tudo que é considerado “fora da caixinha” no sexo. Há quem diga que todo mundo é um pouco kinky na cama. Se você é adepto a coisas diferentes do básico na hora “H”, pode ser que você faça parte desse universo e nem saiba. Para tirar a dúvida, confira a reportagem na qual elencamos 10 práticas desse tipo de sexo para homens e mulheres.

Tesão em ser chantageado? Existe!

A chantagem pode despertar o desejo sexual em algumas pessoas. No mundo do fetiche, desde que seja consensual, está liberado! Conhecido como blackmail fetish, o termo designa o tesão em ser chantageado e extorquido financeiramente para impedir que algo constrangedor ou comprometedor seja divulgado. A Pouca Vergonha explorou esse universo e elencou 8 curiosidades sobre o fetiche em ser chantageado.

Prazer em ser traído? Temos também!

Ciúme, insegurança e medo de ser traído? Isso pode ser uma grande angústia para uma parte da população, mas existe uma parcela que se realiza com a ideia de ver o companheiro ou companheira tendo relações com outra pessoa, e ainda se excita com a possibilidade. O termo cuckold designa justamente quem tem fetiche em ser corno. No caso das mulheres que têm tesão em ser casadas com uma pessoa traída, o nome é hotwife. Leia mais sobre o casamento perfeito entre a mulher livre e o marido que gosta de ser alvo de uma infidelidade.

Prazer nos pés

Sentir tesão por pés é muito mais comum do que se imagina. Queridinha no universo BDSM, a podolatria vai além do interesse excessivo pelos pés, como beijar ou sentir a parceria pisoteando ou esmagando. Dentro desse universo, existe o crush fetish,nome dado ao fetiche por ver o par esmagando objetos ou alimentos com os pés.

Crossdresser ou CD, o fetiche de se vestir do sexo oposto

É o fetiche da pessoa adepta à prática de se vestir, manifestar e usar adereços do sexo oposto. A experiência está ligada ao meio BDSM, e não necessariamente é sexual — embora, muitas vezes, seja inserida nos fetiches do casal, ou de algum parceiro.

Vibrador diferentão?

Usar vibradores pode até não ser mais novidade (ainda bem!). No entanto, existe um fetiche que vai além disso: a tara por sexo com formas de vida não humanas, e também por usar fantasy toys, seguindo a linha de desejo sexual vidas extraterrestres ou sobrenaturais.

Controle de orgasmo, facas e velas

Ainda no universo fetichista do mundo sadomasoquista, existem utensílios que podem deixar a dominação na transa ainda melhor. É o caso do uso de facas e velas na transa. Controlar o orgasmo também é uma forma de dominação psicológica que proporciona muito prazer aos adeptos do sadomasoquismo.

Beabá do mundo BDSM

Por fim, para quem gosta desse universo fetichista, ou tem curiosidade de conhecer mais, a coluna elaborou um manual do BDSM .

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações