Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Copa América: GDF monitora quarentena de integrantes da Venezuela

Ao menos 19 atletas e membros de comissão técnica de seleções que disputam torneio no Brasil já testaram positivo para o coronavírus

atualizado 14/06/2021 16:30

Gandula limpa a bola com álcool antes de retorna-la para o jogo. Protocolos tomados pela Conmebol durante a pandemia do Corona vírus. copa americaIgo Estrela/Metrópoles

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, afirmou nesta segunda-feira (14/6) que o Governo do Distrito Federal (GDF) monitora 13 pessoas que integram a delegação da Venezuela e foram diagnosticados com a Covid-19 no Distrito Federal. Os visitantes vieram para disputar a Copa América no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Como revelou o Metrópoles, a Venezuela foi a primeira das três seleções que confirmaram casos de Covid-19.

De acordo com Okumoto, a Subsecretaria de Vigilância em Saúde recolheu amostras para descobrir qual é a variante responsável pela infecção. O resultado deve sair nesta terça (15).

“Além do rastreamento, estamos monitorando as pessoas que tiveram contato com esses jogadores e dirigentes da Venezuela, assim como as trabalhadores de hotel, que fizeram o transporte de ônibus, do aeroporto, ou aqueles que vieram de voo fretado, a tripulação que trouxe esses jogadores. Todos eles estão sendo rastreados pela Secretaria de Vigilância e Saúde”, disse.

Conforme explicou, a delegação venezuelana fez os exames no último dia 8, quando foi detectada Covid-19 em dois jogadores e eles foram imediatamente excluídos do time e substituídos por outros.

“Quando eles chegaram no dia 10, aqui no Distrito Federal, foram realizados testes novamente. Aí, foram encontrados mais 10 casos e no dia 12 realizamos de novo os exames e foram encontrados mais três. Então, o protocolo está sendo seguido no sentido de que a gente venha a fazer a identificação desses casos positivos e a Vigilância em Saúde do Distrito Federal faz todo acompanhamento dessas pessoas no seu isolamento em quartos individuais no hotel e que só poderão sair daqui a partir do momento em que estiver cumprida essa quarentena”, reforçou Okumoto.

Ao menos 19 atletas e membros de comissão técnica de seleções que irão disputar a Copa América 2021, no Brasil, já testaram positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2). O torneio teve início nesse domingo (13).

Até a tarde de sábado (12), foram confirmados 12 testes positivos entre os venezuelanos, sendo oito atletas. À noite, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), disse que mais um integrante da delegação pegou Covid-19, e o número de contaminados subiu para 13.

Também na noite de sábado, a Federação Boliviana de Futebol (FBF) informou que três jogadores e um membro da comissão técnica da seleção foram diagnosticados com a doença.

Por sua vez, a Federação Colombiana de Futebol informou domingo (13) que dois membros de sua comissão técnica testaram positivo para o novo coronavírus.

Últimas notícias