Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

TCU suspende contrato de R$ 215 milhões de publicidade da Saúde

Contrato de publicidade feito pelo Ministério da Saúde ficará suspenso até que os ministros do TCU julguem o mérito do caso

atualizado 01/07/2022 22:40

Sede do TCUFelipe Menezes/Metrópoles

O Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu uma concorrência do Ministério da Saúde para contratar serviços de publicidade por R$ 215 milhões. A decisão partiu do relator do caso, ministro Vital do Rêgo, e foi referendada pelos outros ministros do TCU na última quarta-feira (29/6). A suspensão valerá até a Corte julgar o mérito do caso.

Vital do Rêgo autorizou diligências para obter detalhes sobre a contratação feita pelo Ministério da Saúde.

Entre outras irregularidades, o TCU constatou que um dos servidores responsáveis pela elaboração do edital dirigiu agências de publicidade, entre elas a Debrito, empresa que ficou entre as quatro primeiras classificadas na avaliação das propostas apresentadas.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna