Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

PSDB reserva R$ 65 milhões para campanha de João Doria ao Planalto

João Doria terá R$ 65 milhões do fundo partidário do PSDB para gastar na campanha presidencial; contratação de marqueteiro é prioridade

atualizado 04/04/2022 22:32

João DoriaFábio Vieira/Metrópoles

O PSDB reservou R$ 65 milhões do fundo partidário para custear a campanha presidencial de João Doria. O montante será acrescido de doações de pessoas físicas e de valores que o próprio Doria poderá depositar no projeto.

Parte da quantia será direcionada para a contratação de um marqueteiro, uma questão que Doria já gostaria de ter resolvido. As primeiras inserções do PSDB em rádio e televisão estão marcadas para o dia 26 deste mês, e o plano de Doria era ter feito uma pesquisa qualitativa antes de preparar as peças de propaganda.

O tucano irá a Brasília nesta quarta-feira (6/4) para se reunir com dirigentes do PSDB e estruturar os primeiros passos da campanha presidencial.

Não estão previstas discussões para tratar sobre a iniciativa de Eduardo Leite de se postular como o candidato tucano ao Planalto. Doria afirmou a aliados que está resguardado juridicamente pelas prévias e que Leite cria factoides ao se movimentar como presidenciável.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna