Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Príncipe de Hanover entra na Justiça contra o filho por castelo

O príncipe Ernst August de Hanover deu o castelo de Marienburg de presente ao primogênito há 20 anos. Ele quer retomar a posse na justiça

atualizado 19/02/2021 16:00

Príncipe Ernst August de Hanover e Ernst AugustKrafft Angerer/Picture Alliance/Getty Images

As desavenças familiares não são um trunfo somente da realeza britânica. Um conflito entre o príncipe Ernst August de Hanover e o filho com o mesmo nome foi parar nos tribunais da Alemanha. O pai processa o herdeiro de 37 anos por tramar por suas costas para vender um castelo. O patriarca deu de presente ao primogênito, há 20 anos, o palácio e a propriedade vizinha à fortaleza. A transação ocorreu em 2018 e irritou o integrante da família real do país europeu.

Atualmente com 66 anos, o príncipe entregou o castelo de Marienburg e a propriedade ao lado de Calenburg ao herdeiro Ernst August, o duque de Braunschweig e Lüneberg. Entretanto, a fortaleza milenar está degradada e, consequentemente, custou dinheiro ao aristocrata. Sob a expectativa de abrir o palácio aos 200 mil visitantes anuais, um levantamento mostrou que só seria possível se fossem promovidas reformas no valor estimado de 23 milhões de libras, o equivalente a R$ 174 milhões.

O filho Ernst August vendeu o castelo para o governo alemão por um valor simbólico, o que enfureceu seu pai. Grande parte das propriedades vizinhas também havia sido cedida aos compradores. De acordo com a Tatler, um dos principais motivos para a revolta foi a remoção de 100 pinturas e artefatos do castelo. Doados ao museu estadual de Hanover, os artigos são avaliados em 1,7 milhões libras, o mesmo que R$ 12,8 milhões. Na ação judicial, o pai denuncia o herdeiro por “violar gravemente [seus] direitos legais e interesses”.

0

No ponto de vista do primogênito do príncipe, a concessão ao governo permitirá que o endereço e a história da família fiquem preservados. Batizado de Deutscher Bundestag, o parlamento alemão votou a favor da contribuição milionária para os reparos. Quem não gostou da sentença foi o príncipe Ernst August de Hanover. A fim de recuperar o castelo, ele briga na justiça. Em entrevista ao jornal Der Spiegel, o primogênito disse estar despreocupado quanto às queixas do pai.

“Todos os argumentos neste processo já foram refutados em um acordo extrajudicial. Neste contexto, estamos relaxados sobre qualquer disputa no tribunal”, disse o filho do príncipe. Em 2020, o patriarca processou a polícia alemã. Ele alegou que os militares o atacaram no próprio lar, quando ligou para denunciar um intruso. Segundo os profissionais que atenderam a ocorrência, Ernst August de Hanover estava bêbado e chegou a agredir os policiais presentes.

Príncipe Ernst August de Hanover e princesa Caroline de Mônaco
Príncipe Ernst August de Hanover e a mulher, princesa Caroline de Mônaco. Ela é filha de Grace Kelly
Mais polêmica

O príncipe sempre esteve envolvido em polêmicas e uma vida de excessos. Ernst August de Hanover protagonizou inúmeros escândalos, principalmente em decorrência da dependência do álcool. Também foi internado inúmeras vezes e precisou ser submetido a uma operação cirúrgica no pâncreas. Atualmente, ele está casado com a princesa Caroline de Mônaco, filha de Grace Kelly. Eles subiram ao altar em 1999 e tiveram uma filha, a princesa Alexandra.

Antes de selar a união com Caroline de Mônaco, Ernst August Hanover disse “sim” à Chantal Hochuli, com quem tem dois filhos, o primogênito e o caçula, o príncipe Christian. O pai e o herdeiro com mesmo nome possuem uma relação conturbada há anos. Quando decidiu se casar com a designer russa Ekaterina Malysheva, o patriarca declarou que não daria consentimento ao matrimônio, realizado em 2017.

Casório de Ernst August e Ekaterina Malysheva
Casamento de Ernst August e Ekaterina Malysheva

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias