Como se manter bem fisicamente nos dias de quarentena?

O importante é manter o corpo em movimento. Vale varrer a casa, pular corda, ou fazer alongamentos e polichinelos

Mulher fazendo yoga na sala de casaGetty Images

atualizado 23/03/2020 12:51

De repente, fomos surpreendidos com a Covid-19. Nos vimos totalmente fora da nossa rotina, da correria do dia a dia, dos compromissos com hora marcada.

A medida preventiva de fechar academias e parques afetou a rotina de muitas pessoas, sobretudo aquelas com o hábito de fazer exercícios regularmente.

Infelizmente, o momento exige esses cuidados. Ao pensar no tema desta matéria, quero tentar te acalmar e mostrar que é possível cuidar da saúde física sem sair de casa.

Não estou falando de performance, mas de manter o mínimo que você precisa para preservar a sua saúde física e emocional nesses dias de quarentena.

Movimente-se

O importante é manter o corpo em movimento. Vale varrer a casa, pular corda, fazer alongamentos e polichinelos, simular corrida parado “movimentando somente pernas e braços, deixando o corpo estático. Na internet, há diversas ferramentas disponíveis e gratuitas, como vídeo-aula de exercícios.

Quem sabe, não seria interessante aprender algo novo, que você não tinha tempo para fazer ou, até mesmo, não se interessava tanto. Quer alguns exemplos? Meditar ou testar alguns movimentos de yoga.

Dá para se reinventar e liberar endorfina com qualquer uma dessas opções.

Publiquei, na coluna, dicas de 10 exercícios para treinar em casa.

Alimentação

Outro fator importante é a alimentação. Não adianta ficar preocupado por não fazer exercícios e comer de maneira inadequada. O que tem o poder de te emagrecer é a alimentação.

Neste momento, inclusive, o Conselho Regional de Nutrição (CRN) autorizou os nutricionistas a fazerem atendimentos on-line. Pode ser uma opção para te ajudar nesse período.

Aproveite esse tempo em casa e repense suas atitudes! Coisas incríveis podem ser feitas e irão te ajudar a se manter bem fisicamente e, consequentemente, emocionalmente, já que esses dois fatores estão diretamente ligados.

Últimas notícias