Brasileiro na lista de mais bonitos do mundo é de Brasília e venceu Big Brother

Daniel Matsunaga alcançou o 75º lugar no ranking. A votação foi feita no Twitter, por meio da hashtag #100MostHandsome2020

atualizado 14/01/2021 14:42

Reprodução/ Instagram

Na lista dos homens mais bonitos do mundo de 2020, divulgada na última sexta-feira (8/1), o nome de um brasileiro ainda pouco conhecido por aqui chamou a atenção: Daniel Matsunaga. O modelo nasceu em Brasília, mas fez sua carreira nas Filipinas, onde inclusive ganhou o Big Brother local.

Daniel alcançou o 75º lugar no ranking. A votação foi feita no Twitter, por meio da hashtag #100MostHandsome2020, pela Independent Critics e divulgada pela TC Candler. “A grande maioria dos meus seguidores é de asiáticos, mas vi que muitas pessoas começaram a me dar os parabéns e fiquei muito feliz vendo todo esse apoio do Brasil”, disse Daniel em entrevista à coluna.

Veja fotos de Daniel

0

“Nasci e morei em Brasília até os meus 16 anos. Comecei a viajar bem novo e já fui a mais de 35 países a trabalho. Cheguei nas Filipinas em 2009 e fiz vários cursos, incluindo aulas de filipino. Hoje, falo fluentemente e já estou trabalhando na televisão daqui há onze anos”, conta Daniel, que tem 32 anos e é filho de pai japonês e mãe brasileira.

No topo do ranking dos homens mais bonitos do mundo, V e Jungkook, do BTS, alcançaram o 2º e o 5º lugar, respectivamente. E a referência asiática chamou ainda mais atenção para a beleza inegável de Daniel. “Fico feliz que as pessoas com traços orientais também estão tendo grandes oportunidades ultimamente e a cada dia crescendo mais”, garante.

Daniel também contou sobre a experiência de vencer o Big Brother filipino. “Já participei de vários programas e novelas aqui e ganhei o Big Brother, em 2014. Fui o primeiro estrangeiro a ganhar o reality nas Filipinas. Passei quatro meses dentro da casa e sou muito feliz por ter vencido e por tudo o que aprendi lá. Mas meu sonho sempre foi participar do BBB. Já fiz alguns testes, mas não deu certo”, revela.

“Eu tenho muita vontade de trabalhar no Brasil porque minha família toda mora aí ainda. Já estou fora do país há 16 anos e espero muito um dia ter a oportunidade que eu tenho aqui fora aí também. Na verdade, eu moro nas Filipinas, mas também moro aí. O Brasil está sempre no meu coração”, declara Daniel.

Últimas notícias