Camisas em tributo a Karl Lagerfeld serão vendidas no Brasil. Veja!

As peças customizadas por Kate Moss, Cara Delevingne e Carine Roitfeld estarão disponíveis na Farfetch, a partir do dia 26 deste mês

Dominique Charriau/WireImage via Getty ImagesDominique Charriau/WireImage via Getty Images

atualizado 21/09/2019 15:15

Karl Lagerfeld era conhecido pelos óculos escuros e o rabo de cavalo branco. Mas, na opinião do estilista, morto em fevereiro, a base de todo o seu visual era a camisa branca com colarinho alto. Por isso, várias personalidades fashionistas o homenagearam com uma versão customizada, como a coluna adiantou em julho. Nesta semana, a marca homônima do designer revelou os detalhes das camisas, assinadas por nomes como Kate Moss, Cara Delevingne e Tommy Hilfiger. Quem fez a curadoria do projeto A Tribute to Karl: The White Shirt Project foi Carine Roitfeld, consultora de estilo da grife.

Vem comigo conferir!

Que o kaiser era querido pela comunidade fashion, não é novidade. Por isso, o tributo reuniu amigos, artistas, modelos, estilistas e atores para reinterpretarem a camisa. Cada um deles a personalizou com mensagens pessoais, de acordo com suas próprias memórias e experiências com Karl.

Dentre os mais de 40 nomes que reimaginaram a peça, a marca selecionou sete designs: Carine Roitfeld, Cara Delevingne, Tommy Hilfiger, Sébastien Jondeau, Diane Kruger, Kate Moss e Takashi Murakami.

Cada um dos sete modelos ganhou uma tiragem de 77 unidades. Elas serão lançadas no dia 26 deste mês, por 777 euros, no e-commerce da Karl Lagerfeld e na Farfetch, que venderá com exclusividade no Brasil. O algarismo 7 era o número da sorte do estilista, além de ser sua rua favorita de Paris e o nome de sua livraria e editoria, 7L.

Divulgação/Karl Lagerfeld
Camisa desenhada pela curadora do projeto, Carine Roitfeld. Repare nos botões do ombro direito, que podem render um decote moderno e ousado

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
A cintura tem uma espécie de espartilho

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Versão de Cara Delevingne, com as tatuagens da atriz e modelo

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Detalhes da parte de trás

 

Todo o lucro das vendas do projeto será destinado para o programa de caridade Sauver la Vie, que financia as pesquisas médicas da Paris Descartes University Foundation. Em vida, Karl apoiou o projeto durante vários anos. O logotipo da instituição, inclusive, foi desenhado por ele, que chegou a fotografar a equipe de médicos para um livro de tiragem limitada.

Divulgação/Karl Lagerfeld
Tommy Hilfiger brincou com as cores vermelho e azul-marinho, estrelas e as luvas sem dedos que Karl costumava usar

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Customização de Sébastien Jondeau

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
A versão de Diane Kruger é minimalista

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Detalhe no colarinho

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Kate Moss escreveu um trecho do poema Clutching Pens, de Sonny Hall, sobre felicidade e risos

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Versão alongada do artista japonês Takashi Murakami

 

Divulgação/Karl Lagerfeld
Ele decorou a camisa com bordados nas formas de flores e caveiras

 

Carine Roitfeld, que é colaboradora fixa da label desde o início do ano, trabalhou com Karl em vários projetos ao longo de 25 anos. No site do projeto, a editora de moda conta que ele sabia tudo sobre ela. “Ele fez tantas coisas ao longo de sua longa carreira. Eu quero manter essas memórias vivas”, diz o texto. Sua reinterpretação da camisa é acinturada, em forma de espartilho, e tem botões no ombro direito, garantindo um decote opcional.

A atriz e modelo Cara Delevingne, que desfilou para a Chanel na última coleção desenhada pelo kaiser, customizou a peça com suas próprias tatuagens. Diane Kruger, Sébastien Jondeau e Kate Moss fizeram intervenções mais simples. O artista Takashi Murakami, por sua vez, alongou o shape e acrescentou bordados de flores e caveiras. Já o designer Tommy Hilfiger optou por estrelas e detalhes em vermelho e azul-marinho, cores principais de sua marca.

“Se você me perguntasse o que eu mais gostaria de ter inventado na moda, eu diria a camisa branca. Para mim, é a base de tudo. Tudo vem depois dela”, declarou Karl certa vez. A lista de fashionistas que homenagearam o estilista reúne, ainda, nomes como Alessandro Michele, Kaia Gerber, Gigi Hadid, Cristiano Ronaldo e Olivia Palermo. Tem uma versão até da gata Choupette!

Venturelli/WireImage via Getty Images
O algarismo 7 era o número da sorte de Karl. Por isso, os sete modelos selecionados serão replicados 77 vezes e cada um será vendido por 777 euros. Todo o lucro será revertido para a instituição Sauver la Vie

 

Pascal Le Segretain/amfAR11/Getty Images for amfAR
Karl Lagerfeld e Carine Roitfeld eram amigos de longa data. Em 2004, por exemplo, juntaram-se para a collab entre Lagerfeld e a H&M

 

Edward Berthelot/GC Images/ via Getty Images
Carine Roitfeld tem uma carreira consolidada na moda. A stylist e editora de moda é colaboradora fixa da grife homônima de Karl, como consultora de estilo

 

Peter White/Getty Images
Cara Delevingne desfilando a última coleção de Karl Lagerfeld para a Chanel (outono/inverno 2019/20), em março, dias após a morte do estilista

 

DReprodução/Harper's Bazaar US
O design de Kate é um dos sete que serão vendidos no Karl.com e na Farfetch

 

As criações serão exibidas a partir do dia 25 deste mês, durante a Semana de Moda de Paris. O endereço será a sede da marca homônima do designer, localizada na Rue Saint-Guillaume. Em seguida, as peças viajarão para lojas selecionadas da grife ao redor do mundo e serão leiloadas.

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias