Karllagerfeldi: aranha recebe nome de ex-diretor criativo da Chanel

Após observar semelhanças entre a espécie e o czar da moda, arqueólogos do Museu de Queensland decidiram homenagear o estilista

Montagem/MetrópolesMontagem/Metrópoles

atualizado 05/07/2019 18:21

Um grupo de arqueólogos do Museu de Queensland, na Austrália, identificou cinco novas espécies de aranhas saltadoras. Para batizar uma das castas descobertas, os cientistas resolveram homenagear o estilista Karl Lagerfeld, falecido em fevereiro deste ano.

O aracnologista Danilo Harms explicou ao The Guardian que a ideia de batizar o gênero com o nome do ex-diretor criativo da Chanel surgiu após os especialistas identificarem algumas semelhanças estéticas entre o bicho e o designer.

Vem saber mais comigo!

A nova espécie tem o tamanho de um grão de arroz. Assim que os arqueólogos bateram o olho nela, se depararam com um visual distinto e que lembra algumas características marcantes do designer.

“Imediatamente pensamos em Karl Lagerfeld e seus óculos escuros, pois a aranha tem grandes olhos negros. Até mesmo suas pernas dianteiras, pretas e brancas, remetiam aos colarinhos usados por ele”, disse Danilo ao explicar a origem do nome Jotus karllagerfeldi.

Queensland Museum
Jotus karllagerfeldi, espécie batizada em homenagem ao ex-diretor criativo da Chanel

 

Queensland Museum
Animal em seu habitat natural

 

Segundo os cientistas, os olhos grandes e negros da espécie remetem aos óculos escuros de Lagerfeld

 

Pascal Le Segretain/Getty Images
Outro aspecto observado foi a coloração das patas dianteiras, que lembram o colarinho que o designer ostentava em seus looks

 

Barbara Baehr, outro membro do grupo que descobriu a casta, afirmou que mais de 70% das aranhas da Austrália permanecem não classificadas. Cerca de 3.500 espécies foram catalogadas, mas os cientistas acreditam que existam mais de 10.000 espécies. “Aranhas saltadoras estão entre as mais belas da Austrália, mas sabemos muito pouco sobre sua diversidade e identidade taxonômica”, revelou Baehr ao The Guardian.

A Jotus karllagerfeldi, encontrada no Lago Brodwater, é conhecida por uma elaborada dança de acasalamento que envolve suas cerdas longas e coloridas nas pernas, como fazem as borboletas. Assim como o estilista, a espécie sabe bem como criar um belo show!

Colaborou Danillo Costa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias