Moro diz que trabalha 24h por dia: “Menos quando durmo”

Moro participou, com outras autoridades, do Seminário Supremo em Ação, em Brasília, na manhã desta terça-feira (10/12/2019)

André Borges/ MetrópolesAndré Borges/ Metrópoles

atualizado 10/12/2019 18:53

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse, nesta terça-feira (10/12/2019), em tom de brincadeira, que trabalha 24h por dia, “menos quando dorme”.

E por quantas horas ele dorme? “Umas 6h/5h. Depende do dia”, contou, em risos. Moro ainda confessou que gosta de estar com a família e “assistir TV”.

Questionado sobre os principais problemas do país, o ministro avaliou que não existe uma resposta única. Ele acredita que, apesar de tudo, “estamos no caminho certo”.

Moro participa, com outras autoridades, do Seminário Supremo em Ação, em Brasília, na manhã desta terça-feira (10/12/2019). O evento é uma realização do Instituto de Estudos Jurídicos Aplicados (IEJA) em parceira com o Metrópoles, veículo oficial do projeto.

O seminário está sendo realizado no Edifício Íon, na Asa Norte, e é exclusivo para convidados. Os interessados podem acompanhar a transmissão, ao vivo, pelo site e redes sociais do Portal Metrópoles.

SOBRE OS AUTORES
Raphael Veleda

Formado em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) em 2006. Trabalhou como repórter de Cidades no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense. Na Folha de S.Paulo, trabalhou no controle de erros, produzindo o "Erramos", foi redator da Ilustrada e correspondente em Minas Gerais. Cobriu ciência na Veja.com. Participou do lançamento do jornal Metro em Brasília, onde trabalhou por seis anos e foi repórter de Cidades, Política, Economia e subeditor. Estuda Antropologia na Universidade de Brasília (UnB).

Thayná Schuquel

Gaúcha, do interior do Rio Grande do Sul (RS), veio a Brasília em busca de histórias inusitadas para narrar pelo Brasil afora. No portal desde 2017, atua como repórter de Judiciário e transita nos tribunais superiores do país. Nas horas vagas, arrisca o traço na escrita de crônicas. Formada em jornalismo pela Universidade Paulista (Unip).

Últimas notícias