Sem máscaras e distanciamento, festa reúne milhares no Rio com autorização da prefeitura

Ingressos para a Lucce Party custavam até R$ 495 e público terá que apresentar passaporte da vacina e exame negativo para Covid

atualizado 02/10/2021 21:14

Rio de Janeiro – O dia 2 de outubro promete ser histórico para o público que vai participar do primeiro evento teste autorizado pela prefeitura, uma festa de música eletrônica no Alto da Boa Vista, zona norte do Rio, que vai reunir pelo menos mil pessoas vacinadas e testadas, sem a exigência de máscaras.

Trata-se da Lucce Party, uma comemoração pelo aniversário de 30 anos do DJ Pedro Lucena. Os ingressos custaram até R$ 495 (todos esgotados). A celebração acontece na casa de eventos Fábrika, um salão de festas nobre localizado na Estrada de Furnas, e promete uma noite inteira de full open bar, com uísque, cerveja, gin tônica e “special drinks”.

A festança do DJ foi autorizada pela Secretaria municipal de Saúde (SMS) e, seguindo o decreto, além do exame PCR feito em laboratório credenciado pelo evento, o participante terá que apresentar o passaporte da vacina. Com o resultado negativo, o ingresso é enviado para o e-mail do comprador, que deverá apresentar a documentação e o QR Code de liberação da festa.

0

O evento terá início às 23h. A previsão é que só acabe por volta das 5h.

Testada e vacinada, a equipe do Metrópoles acompanha o evento que, de acordo com a descrição no site de venda dos ingressos, tem o objetivo de “juntar amigos do Brasil todo numa festa incrível”. No texto, também chama a atenção a informação de que o evento acontecerá “nos moldes de festa, sem distanciamento e sem o uso de máscaras”.

“A comemoração do aniversário do nosso DJ será linda! Faremos uma noite histórica com todos vacinados e testados.”

Últimas notícias