Rolou na 4ª: PIB de 1,1%, orçamento e novo caso de coronavírus

A atriz Regina Duarte tomou posso como presidente da Secretaria Especial da Cultura e já demitiu todo o alto escalão da pasta

atualizado 04/03/2020 21:16

Rolou nesta quarta-feira (04/03): o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 1,1% em 2019. A informação foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Este é o menor crescimento em três anos. A economia brasileira cresceu 1,3% em 2017 e 2018. Em valores correntes, no acumulado do ano, a economia brasileira totalizou R$ 7,3 trilhões.

O ministro Paulo Guedes, da Economia, minimizou o resultado: “A nossa previsão era a seguinte: se nós realizarmos a reforma da Previdência, nós saímos da beirada do abismo e vamos começar a crescer em torno de 1%. Ora, o PIB deu 1,1%. Era exatamente o que a gente esperava”, disse o ministro no Palácio do Planalto.

Confira:

O Congresso Nacional manteve os dispositivos do veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que diziam respeito ao orçamento impositivo na Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. Fruto de acordo com o governo federal, a votação foi condicionada ao envio de três Projetos de Lei do Congresso Nacional (PLNs) regulamentando o orçamento.

Por outro lado, o plenário derrubou outros vetos a trechos que impediam o Executivo federal de contingenciar os recursos destinados a órgãos técnicos e de pesquisa do governo federal.

Leia mais:

O Ministério da Saúde confirmou o terceiro caso de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) no Brasil. O homem, de 46 anos, é colombiano, administrador de empresas e residente em São Paulo.

Ele esteve na Espanha, Itália, Áustria e Alemanha no mês de fevereiro e chegou no sábado (29/02) ao Brasil. O homem começou a apresentar sintomas nesta quarta e exames específicos acusaram a infecção por coronavírus. Seu estado de saúde é bom e ele está em isolamento residencial.

Veja:

Também foi notícia:

Últimas notícias