Twitter suspende conta de blogueiro bolsonarista Allan dos Santos

Blogueiro é alvo dos inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fake news e atos antidemocráticos

atualizado 09/10/2021 12:42

Allan dos Santos veste traje socialHugo Barreto/Metrópoles

A conta no Twitter do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos foi retida pela plataforma nessa sexta-feira (8/10). De acordo com o aviso na rede social, a medida ocorre por decisão da Justiça brasileira.

O perfil original de Allan dos Santos já tinha sido suspendido por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, no ano passado, mas ele usava uma conta reserva.

O dono do site Terça Livre é alvo dos inquéritos no STF: um sobre a disseminação de fake news e outro sobre a organização e o financiamento de atos antidemocráticos.

Em novembro de 2020, a rede social havia suspendido a conta oficial do perfil Terça Livre. Na ocasião, o microblog alegou que a suspensão ocorreu por violação às regras do Twitter.

0
Informante no STF

Esta semana, o jornal Folha de S.Paulo divulgou que mensagens interceptadas pela Polícia Federal (PF) indicam que o blogueiro teria usado uma estagiária do gabinete do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, como informante.

Tatiana Garcia Bressan, de 45 anos, estagiou no gabinete do magistrado de 19 de julho de 2017 a 20 de janeiro de 2019, antes mesmo que o suspeito de propagar fake news fosse indiciado. As conversas teriam durado mais de um ano, entre 23 de outubro de 2018 e 31 de março de 2020.

De acordo com os investigadores, Tatiana teria iniciado o estágio no gabinete já com a intenção de repassar informações. O objetivo dela seria trabalhar no gabinete da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), e ela usava o cargo na Suprema Corte como moeda de troca.

Interessado na posição de Tatiana, Allan rapidamente teria sugerido que a estagiária virasse “informante” dele. Ela, prontamente, teria respondido que “seria uma honra”.

Em depoimento prestado à PF na quinta-feira (7/10), Tatiana negou ter informações sobre o Supremo e afirmou que se encontrou com o ministro Lewandowski apenas uma vez, quando iniciou no estágio.

Ela também relatou que pegava as informações que repassava para o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos da internet e não do que acontecia dentro do gabinete.

Últimas notícias