Sobrinho de Bolsonaro, Léo Índio ganha novo cargo no Senado

Ele foi nomeado assessor parlamentar da Primeira-Secretaria do Senado, comandada por Sérgio Petecão, vice-líder do governo

atualizado 03/11/2020 15:45

Reprodução Facebook

Primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, foi nomeado como assessor parlamentar da Primeira-Secretaria do Senado.

Uma das cadeiras da Mesa Diretora da Casa é comandada pelo senador Sérgio Petecão (PSD-AC), vice-líder do governo Bolsonaro no Congresso.

A nomeação de Léo Índio para a Primeira-Secretaria do Senado Federal foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (3/11). Leia aqui a íntegra da publicação.

Petecão é réu em três processos, enviados para a primeira instância, por supostos desvios de recursos públicos e irregularidade na declaração de bens à Justiça Eleitoral (TSE).

0

Antes da nomeação, o sobrinho do presidente Jair Bolsonaro trabalhava como assessor parlamentar do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro entre as nádegas em ação da Polícia Federal.

Ele saiu após o caso de Chico Rodrigues estourar. Léo Índio trabalhava para o senador desde abril do ano passado e tinha remuneração mensal de R$ 22.943,73, segundo dados de setembro deste ano.

Ele é filho de Rosemeire Nantes Braga Rodrigues, irmã de Rogéria Nantes, ex-mulher de Jair Bolsonaro e mãe do senador Flávio, do vereador Carlos e do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Últimas notícias