Renan Calheiros incluirá Queiroga no rol de investigados da CPI

Para os senadores da CPI da Covid, o atual ministro da Saúde demonstrou falta de autonomia na condução da pasta

atualizado 16/06/2021 21:07

Renan CalheirosRafaela Felicciano/Metrópoles

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado, pedirá a inclusão do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na lista de autoridades que passarão da condição de testemunhas para investigadas.

O senador informou que esse pedido de inclusão será apresentado nesta sexta-feira (18/6). Incluir o nome é uma atribuição do relator. No entanto, essa questão será levada para ser discutida na CPI.

Queiroga é a quinta pessoa a constar na lista de Renan. Até o momento, o relator havia listado como investigados o ex-ministro Eduardo Pazuello, o ex-secretário executivo da Saúde Élcio Franco e o ex-chefe da Secom do Palácio do Planalto Fabio Wajngarten, além do ex-ministro de Relações Exteriores Ernesto Araújo.

Os senadores que comandam a CPI avaliam que Queiroga demonstrou diversas vezes não ter autonomia para conduzir a pasta e que se submete às ordens do presidente Jair Bosloanro, contrárias às medidas de combate à pandemia.

0

Últimas notícias