Queiroga vacina Marcos Pontes e presidente da Caixa contra a Covid

Imunização das autoridades ocorreu nesta quarta-feira (16/6), no Hospital Regional do Guará (DF). Ministro da Saúde aplicou doses

atualizado 16/06/2021 15:55

Ministro da saúde, Marcelo Queiroga, aplica a dose da vacina contra a Covid no ministro Marcos Pontes e no Presidente da Caixa, Pedro Guimarães.Rafaela Feliccianno/Metrópoles

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vacinou autoridades contra a Covid-19 nesta quarta-feira (16/6), no Hospital Regional do Guará (DF).

O chefe da pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, foi um dos imunizados. Ele tem 58 anos e recebeu a primeira dose. Queiroga também vacinou Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica. Ele tem 50 anos de idade e também foi contemplado com o primeiro reforço do imunizante.

“Esse é um gesto simbólico. Quem sabe vacinar de verdade são os nossos vacinadores nas nossas 38 mil salas de imunização do Brasil”, afirmou Queiroga.

Marcos Pontes agradeceu o cardiologista e ressaltou as ações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC) em parceria com o Ministério da Saúde no enfrentamento à pandemia.

“O MCTIC trabalha desenvolvendo medicamentos e vacinas. E o Ministério da Saúde na frente do combate. Queria parabenizar o ministro Queiroga por dar o exemplo”, afirmou.

0
Ações do governo federal

Pedro Guimarães também ressaltou as ações do governo federal durante a pandemia. Ele citou o desenvolvimento do aplicativo Caixa Tem e a antecipação do terceiro ciclo do auxílio emergencial, anunciada na terça-feira (16/6), como exemplos.

“A Caixa Econômica Federal tem todo um empenho no pagamento do auxílio desde o ano passado. A Caixa está fazendo todo o seu esforço. Essa questão reforça que o governo está focado no enfrentamento à pandemia. A gente antecipou ontem o terceiro ciclo do pagamento do auxílio emergencial. Estamos fazendo muito pelo aplicativo Caixa Tem, que diminui a necessidade de ir às agências”, disse.

Essa não é a primeira vez que Queiroga vacina autoridades contra a Covid-19. Na segunda-feira (14/6), ele imunizou o ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

 

 

Últimas notícias