PTB decide apoiar candidatura de Arthur Lira à presidência da Câmara

Agora, bloco do candidato de Bolsonaro conta com o apoio de PP, PL, PSD, Republicanos, Pros, Patriota, PSC, PTB e Avante, com 196 deputados

atualizado 18/01/2021 19:30

Sergio Mouraj/Divulgação

A bancada do PTB na Câmara dos Deputados decidiu, nesta segunda-feira (19/1), integrar o bloco do candidato Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O partido possui 11 deputados e, apesar do apoio, está dividido, como os demais.

O apoio do PTB a Lira já era aguardado desde que o presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, alinhado a Bolsonaro, sinalizou que seguiria com o candidato do Palácio do Planalto. Esse alinhamento automático de Jefferson, todavia, tem gerado um desconforto em parte da bancada petebista.

Agora, o bloco de Lira contabiliza o apoio de PP, PL, PSD, Republicanos, Pros, Patriota, PSC, PTB e Avante – 196 parlamentares. O Podemos, com 10 parlamentares, também deve seguir com o candidato do Planalto, totalizando 206 deputados.

Nesta segunda-feira, a bancada do Solidariedade, com 14 deputados, anunciou apoio ao principal adversário de Lira, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP). O emedebista, que é apoiado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), conta, agora, com 12 partidos – PT, PSL, MDB, PSB, PSDB, DEM, PDT, Solidariedade, Cidadania, PV, PCdoB e Rede –, com 295 deputados.

Além de Lira e Rossi, disputam o pleito Alexandre Frota (PSDB-SP), André Janones (Avante-MG), Capitão Augusto (PL-SP), Fábio Ramalho (MDB-MG), Luiza Erundina (PSol-SP) e Marcel Van Hattem (Novo-RS).

A eleição da mesa diretora será realizada no dia 1° de fevereiro, de forma presencial, e votação secreta – o que dá margem a potenciais “traições”. Para ser eleito, o candidato necessita de 257 votos.

Últimas notícias