Partidos pedem que TSE exija de Bolsonaro provas de fraudes eleitorais

Petição é assinada por 11 siglas e protocolada no Tribunal Superior Eleitoral para que presidente comprove acusação contra urnas eletrônicas

atualizado 31/07/2021 15:23

Reprodução

Pelo menos onze partidos políticos ingressaram com um pedido de interpelação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que ele explique as declarações, durante a live realizada na última quinta-feira (29/7), sobre a existência de possível fraude nas urnas eletrônicas de votação.

No pedido, assinado pelos líderes do MDB, PT, PDT, PSDB, PSol, Rede, Solidariedade, Cidadania, PV, PSTU e PCdoB, as agremiações solicitam que Bolsonaro apresente documentos e provas das afirmações contra as urnas eleitorais.

“É uma tentativa de fazer com que o Bolsonaro pare com essas loucuras de todos os dias e volte para a política”, afirmou Paulinho da Força, presidente do Solidariedade.

Desde que tomou posse no Palácio do Planalto, Bolsonaro tem afirmado ter provas sobre possíveis fraudes eleitorais, mas sem nunca ter apresentado formalmente os documentos.

Na transmissão ocorrida na quinta, o próprio presidente reconheceu não ter comprovações sobre as acusações, mas insistiu na tese de violação do sistema eleitoral.

Na petição ao TSE, os partidos destacaram que, além de não ter comprovado qualquer fraude, Bolsonaro lançou acusações contra instituições e autoridades públicas, antecipando o debate eleitoral e utilizando-se da estrutura pública para promover a desconfiança na Justiça Eleitoral.

Últimas notícias