Maia: “Maior gesto de amor nesta Páscoa é manter-se isolado”

Presidente da Câmara dos Deputados reforçou apelo pelo isolamento, criticou polarização ideológica e agradeceu profissionais da saúde

atualizado 12/04/2020 15:42

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), publicou uma mensagem de Páscoa neste domingo (12/04) em que reforça o apelo por isolamento em função do novo coronavírus. “Maior gesto de amor nesta Páscoa é manter-se isolado”, afirmou o democrata.

No vídeo, postado nas redes sociais, ele afirma que, ainda que a Páscoa deste ano não envolva, por causa da quarentena, missas em igrejas e reuniões familiares, mantém-se a mensagem da data cristã de que “a vida é o que temos de mais valioso”. “Hoje aprendemos também que o vazio e a distância são gestos de amor e de respeito. O vírus que enfrentamos não faz distinção pela sua crença ou religião.”

A mensagem também critica polarizações ideológicas quanto ao isolamento e o uso da hidroxicloroquina, cuja eficácia científica no tratamento da Covid-19 ainda não foi suficientemente testada e validade, e o reforço à importância da ciência na busca pelo tratamento e cura da doença.

“Arrisco apontar 4 aprendizados neste momento que estamos vivendo: 1. Nada é mais valioso que a vida; 2. O radicalismo é uma doença tão contagiosa quanto o corona; 3. Não há resposta fora da ciência; 4. Só a união de esforços, independente da sua fé ou ideologia, facilitará a saída da crise”, defende Maia.

Em nome da Câmara dos Deputados, o presidente mandou ainda uma mensagem de agradecimento a profissionais da saúde, que, destacou, “se arriscam todos os dias para salvar vidas e confortar os doentes”. “Quero agradecer vocês pela atitude. Ainda não temos um remédio aprovado pela ciência, ainda não descobrimos uma vacina para o corona, mas temos o exemplo de todos vocês que, além de salvar vidas, lutam para informar e manter as pessoas isoladas.”

Últimas notícias