De férias, Bolsonaro ressalta apoio da FAB a áreas atingidas por chuva

Presidente está no litoral catarinense desde a última segunda-feira (27/12). Ele tem rebatido acusações de descaso a estados em calamidade

atualizado 02/01/2022 9:12

Jair BolsonaroIsac Nóbrega/PR

De férias no litoral catarinense, o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou neste domingo (2/1) uma sequência de tuítes em que afirma que o governo federal colocou as Forças Armadas para auxiliar os municípios atingidos pelas fortes chuvas.

As ações citadas pelo mandatário tiveram início em 11 de dezembro e incluem distribuição de água potável, cestas básicas e medicamentos, liberação de vias e equipes médicas.

Bolsonaro tem sido criticado por não ter ido à Bahia prestar apoio aos atingidos pelas enchentes na região. Em resposta, ele afirma que tem acompanhado a crise de longe e ressalta o envio de equipe ministerial aos locais atingidos.

As chuvas na região sul da Bahia deixaram, até o momento, 25 mortos, 517 feridos e 91 mil desabrigados ou desalojados. Dos 141 municípios do estado afetados, 132 declararam situação de emergência.

Recesso de fim de ano

Bolsonaro deu início ao recesso de fim de ano em 17 de dezembro, quando viajou para Guarujá (SP).

No litoral paulista, o presidente andou de lancha, foi a um culto evangélico e pescou perto da Ilha das Cobras – conhecida por abrigar a segunda maior densidade populacional de cobras no mundo.

O chefe do Executivo retornou a Brasília no dia 23 de dezembro para passar o feriado de Natal ao lado da primeira-dama. Natural de Ceilândia, a esposa do presidente tem o costume de passar o fim de ano na capital federal.

Na última segunda-feira (27/12), Bolsonaro saiu para mais alguns dias de folga, desta vez em São Francisco do Sul, acompanhado por Michelle Bolsonaro, a filha do casal, Laura, e a enteada, Letícia. No litoral catarinense, Bolsonaro passeou de moto, andou de jet ski, cortou o cabelo em uma barbearia local, apostou na Mega da Virada, jantou em uma pizzaria e passeou no parque temático Beto Carrero.

A expectativa é de que Bolsonaro retorne a Brasília na próxima segunda-feira (3/1), quando deve voltar aos trabalhos no Palácio do Planalto. Esta é a terceira vez que o presidente vai ao litoral catarinense para descansar.

Mais lidas
Últimas notícias