Com recomendação de isolamento, Bolsonaro cancela viagem ao Paraná

A informação foi divulgada pelo líder do governo na Câmara, que é do estado. Visita ocorreria na próxima sexta-feira (24/9)

atualizado 24/09/2021 10:04

Michael Melo/Metrópoles

Após recomendação de isolamento feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o presidente Jair Bolsonaro cancelou viagem que faria próxima sexta-feira (24/9) a Ponta Grossa (PR). O mandatário participaria de cerimônia de entregas do governo federal ao estado.

O cancelamento da agenda foi informado por meio do Twitter pelo líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Procurada. Procurada pelo Metrópoles, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) não informou se o presidente cumprirá o período de isolamento recomendado pela Anvisa.

A agência sanitária enviou ofício à Casa Civil sugerindo isolamento de 14 dias a todos que tiveram contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que recebeu diagnóstico positivo para Covid-19 na terça-feira (21/9). Queiroga integrava a comitiva que acompanhou o presidente da República na 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

0

Nesta quarta-feira (22/9), Bolsonaro manteve o único compromisso previsto para o dia, mas o transformou em videoconferência. É incomum que o mandatário realize reuniões no formato virtual.

Pela previsão oficial, o chefe do Executivo federal vai se encontrar, entre 16h e 16h30, com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, Pedro Cesar Sousa. A princípio, o local divulgado na agenda era apenas “Brasília/DF”, mas a informação foi alterada durante a manhã, e agora consta “Palácio da Alvorada” como endereço.

Mil dias de governo

O líder Ricardo Barros informou ainda que a agenda em comemoração aos mil dias de governo segue mantida, mas não forneceu mais detalhes. Em peças de propaganda divulgadas nesta quarta pelas redes sociais, a Secom afirma que são “mil dias pela liberdade, sem corrupção e de entregas para os brasileiros”

Mais lidas
Últimas notícias