Anvisa recomenda que Bolsonaro e integrantes da comitiva fiquem em quarentena

Agência enviou ofício à Casa Civil após ministro da Saúde testar positivo para Covid-19 nos EUA

atualizado 22/09/2021 10:38

NOVA YORK, NY - 21 DE SETEMBRO: O Presidente do Brasil Jair Bolsonaro chega à sede das Nações Unidas durante a 76ª Sessão da Assembleia Geral da ONU em 21 de setembro de 2021 na cidade de Nova York. Mais de 100 chefes de estado ou de governo estão participando da sessão pessoalmente, embora o tamanho das delegações seja menor devido à pandemia de Covid-19John Minchillo-Pool / Getty Images

Após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testar positivo para Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou, no início da madrugada desta quarta-feira (22/9), ofício à Casa Civil da Presidência da República recomendando isolamento aos integrantes da comitiva presidencial que estiveram em Nova York nos últimos dias.

A recomendação da agência é de isolamento de 14 dias para todos que tiveram contato com o ministro. No documento, a Anvisa pontua que a situação deve ser objeto de apreciação imediata pela Casa Civil.

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Brasília por volta de 7h desta quarta-feira (22/9) e foi para o Palácio da Alvorada, Residência Oficial da Presidência da República. O mandatário possui apenas um compromisso oficial na agenda pública desta quarta: reunião com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, Pedro Cesar Sousa, às 16h. Não foi informado o local da reunião.

Procurada, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) não informou se o presidente cumprirá o isolamento recomendado pela Anvisa.

Diagnosticado horas antes do retorno previsto ao Brasil, o ministro da Saúde disse estar assintomático. Ele cumprirá quarentena no hotel em que já estava hospedado em Nova York. É o segundo caso de infecção pela doença na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que viajou para a 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

0

As orientações gerais da Anvisa aos integrantes da comitiva que retornou dos EUA são:

a) desembarque no Brasil de forma a expor o mínimo possível ambientes e pessoas;

b) cumprimento do período de isolamento de 14 dias após o último dia de contato com o caso confirmado de Covid-19, conforme o Guia de Vigilância Epidemiológica para Covid-19 publicado pelo Ministério da Saúde;

c) cumprimento de isolamento na cidade de desembarque no Brasil, evitando novos deslocamentos até que tenham ultrapassado o período de transmissibilidade do vírus; e

d) submissão a novos testes em solo brasileiro.

Depois do desembarque, a Anvisa propôs que seja realizada a limpeza e desinfecção da aeronave conforme protocolos de higienização.

Mais lidas
Últimas notícias