Bolsonaro faz live após Moraes mandar PF ouvi-lo sobre Moro

Decisão do ministro foi tomada depois de a AGU informar ao Supremo que o presidente quer prestar depoimento pessoalmente

atualizado 07/10/2021 20:08

Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizou na noite desta quinta-feira (7/10) a sua semanal transmissão ao vivo nas redes sociais.

Veja como foi:

A live ocorreu pouco tempo depois de o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar que a Polícia Federal ouça Bolsonaro em até 30 dias, no âmbito do inquérito que apura se o presidente tentou interferir na corporação.

A decisão de Moraes foi tomada após a Advocacia-Geral da União (AGU) ter informado ao Supremo, nessa quarta-feira (6/10), que o presidente quer prestar o depoimento pessoalmente.

A comunicação foi feita minutos antes de o STF começar o julgamento que iria discutir o modelo do depoimento do presidente, se presencial ou por escrito.

Acusações de Moro

Em abril de 2020, o então ministro Celso de Mello,, do STF, acolheu o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para abrir investigações sobre as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro contra Bolsonaro.

Ao pedir demissão do cargo, Moro revelou uma série de atos ilícitos que teriam sido cometidos pelo presidente.

Segundo o ex-juiz da Lava Jato, o chefe do Executivo federal insistiu na troca do comando da Polícia Federal para fazer uma “interferência política”.

Últimas notícias