A deputados, Mandetta sinaliza que prepara sua sucessão na Saúde

A parlamentares, o ministro demonstrou preocupação com a situação de estados e municípios

atualizado 15/04/2020 22:35

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e secretários de Vivilância em Saúde, Wanderson Kleber, e o secretário-executivo, João GabbardoIgo Estrela/Metrópoles

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, admite a sua saída da pasta nos próximos dias. Mesmo sem definir prazos, ele disse que já prepara a sua sucessão e que não pretende deixar problemas para quem vier a ser indicado para o cargo que, por ora, ocupa. As declarações foram dadas em encontro com deputados na tarde desta quarta-feira (15/04).

“Ele disse nessas palavras: ‘Não vou deixar cascas de banana para o meu sucessor'”, relatou uma das participantes do encontro, a deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF).

Além dela, participaram presencialmente outros sete deputados, entre eles, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT-SP). Outros oito participaram da conversa por meio de aplicativos de transmissão. O Metrópoles falou com quatro participantes.

No resto do encontro, ele estava leve, segundo relatos dos presentes. Em momento algum ele criticou ou fez menção negativa ao presidente Jair Bolsonaro, com quem tem protagonizado embates ao longo das últimas semanas a respeito da forma de combate ao coronavírus.

 

 

Últimas notícias