Bolsonaro recebe condecoração máxima da Justiça do Trabalho

O vice-presidente, Hamilton Mourão, e os ministros Moro, Onyx, Heleno e Fernando Azevedo receberam homenagem em grau inferior

atualizado 13/08/2019 18:19

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi condecorado com o Grão Colar da Ordem do Mérito, comenda máxima da Justiça do Trabalho, na tarde desta terça-feira (13/08/2019), durante cerimônia realizada no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

O convite para a solenidade foi feito pessoalmente pelo presidente do TST, ministro João Batista Brito Pereira, em julho.

A homenagem caiu no dia em que está prevista a votação da MP da Liberdade Econômica, considerada uma “minirreforma trabalhista”, na Câmara dos Deputados.

No Judiciário, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, também recebeu a honraria máxima. Uma comenda em grau abaixo foi entregue aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Outros agraciados do Executivo federal, em grau menos elevado, foram o vice-presidente, Hamilton Mourão; os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva; do Gabinete da Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno; e da Justiça, Sergio Moro.

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também devem receber o Grão Colar, mas não estiveram presentes na solenidade.

Últimas notícias