Bolsonaro condecora Mourão e faz homenagem a ministros e filhos

A honraria é indicada para autoridades alta hierarquia pelos serviços prestados ao governo

Marcos Corrêa/PRMarcos Corrêa/PR

atualizado 03/05/2019 13:38

Em meio a um clima de tensão que colocou de um lado o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) e do outro o escritor e “guru” do governo Olavo de Carvalho, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) condecorou os dois com o grau máximo da Ordem Nacional de Rio Branco. A honraria é indicada para autoridades alta hierarquia pelos serviços prestados. A cerimônia ocorreu nesta sexta-feira (03/05/19), no Palácio do Itamaraty.

Na cerimônia, o presidente também homenageou os filhos Flávio (PSL-RJ) e Eduardo (PSL-SP) com a medalha de Grande-Oficial, a segunda mais importante. Essa é a primeira vez que um chefe do Executivo condecora a prole.

Eduardo Bolsonaro, de 34 anos, está no segundo mandato de deputado federal por São Paulo. Antes de assumir o Senado, Flávio, de 38, foi deputado estadual no Rio. O senador é, atualmente, investigado pela Justiça pela suspeita de evolução patrimonial indevida por meio da compra e venda de imóveis.

Receberam a medalha de Grande-Oficial os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, da Justiça, Sergio Moro, da infraestrutura, Tarcísio Freitas, da Agricultura, Tereza Cristina. Entre os governadores condecorados, estava o do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF).

 

Para acabar com a discussão
A condecoração de Olavo de Carvalho e Mourão ocorreu após o vice os dois trocarem farpas, recentemente, pelas redes sociais. Depois de chamar Mourão de “idiota”, o general disse que Olavo deveria se limitar à astrologia, o que ele “faz de melhor”. Os filhos do presidente Eduardo e Carlos Bolsonaro (PRTB-RJ) entraram na briga contra o vice.

O presidente tentou colocar um ponto final, por diversas vezes, na troca de farpas e disse que sempre defenderá os filhos por serem “sangue do meu sangue”. Ele afirmou por meio do porta-voz, Otávio Rêgo Barros, que a discussão é “página virada” e Mourão é o subcomandante do governo.

Quando questionado sobre ter recebido a mesma honraria que Olavo, nesta quinta-feira (02/05/19), Mourão preferiu não exprimir opiniões pessoais. “Parabéns a todos que receberam”, limitou-se.

Morador dos Estados Unidos, Olavo não participou da cerimônia.

Últimas notícias