“Alô, Moro”: Damares publica post fazendo apelo para ficar com a Funai

A ministra postou no Twitter um meme alusivo à disputa entre ela e o ministro Sérgio Moro pelo comando do órgão indigenista

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

atualizado 11/05/2019 14:00

A chefe do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, publicou um meme na manhã deste sábado (11/05/2019) com um apelo para que a Fundação Nacional do Índio (Funai) permaneça sob o comando de sua pasta. O meme traz a imagem de um índio segurando um celular e a frase “Alô, Moro! Eu quero falar com a Mamãe Damares.”

Damares e Moro foram involuntariamente envolvidos em uma polêmica, pois uma reforma administrativa do governo Bolsonaro retirou o órgão que cuida da política indígena do guarda-chuva do Ministério da Justiça e o transferiu para a pasta de Direitos Humanos. A decisão, no entanto, desagradou lideranças do movimento indígena que reivindicam o retorno da Funai para a alçada do Ministério da Justiça.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos disse que estaria disposta a “brigar” com Sérgio Moro para ficar com a Funai. Na quarta-feira (08/05/2019), em um evento em Brasília, Damares afirmou: “A Funai tem que ficar com a mamãe Damares, não com o papai Moro. Lugar da Funai é nos Direitos Humanos”. Moro, por sua vez, tem dito que não faz questão de manter o controle do órgão.

Últimas notícias