No Twitter, Olavo de Carvalho chama Sergio Moro de “moleque” e “analfabeto”

Motivo da discussão foi declaração do general Santos Cruz sobre equipe de Bolsonaro. Moro defendeu o general e foi atacado por Olavo

atualizado 17/11/2020 15:42

Fiolósofo Olavo de CarvalhoReprodução/ redes sociais

O escritor e professor de filosofia on-line Olavo de Carvalho protagonizou uma discussão, no Twitter, com Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública. O motivo da briga foi uma declaração do general e ex-ministro da Secretaria de Governo Carlos Alberto dos Santos Cruz ao site O Antagonista.

Santos Cruz afirmou que integrantes do governo de Jair Bolsonaro são “limitados” e colocam “tudo em termos de direita e esquerda”. No Twitter, Olavo de Carvalho pediu a Santos Cruz que fizesse as mesmas críticas aos “comunistas”. “Seja homem”, disse o escritor.

Em resposta à publicação de Olavo de Carvalho, o ex-ministro Sergio Moro defendeu Santos Cruz: “É muito mais corajoso do que aqueles que usam as redes para atacar de longe a honra de pessoas do bem”.

Olavo, na segunda-feira (16/11) rebateu o comentário, perguntando se Moro é “analfabeto” e o chamando de “moleque”. O escritor também disse que, há décadas, enfrenta ameaças de morte de “comunistas”.

Também na segunda, Olavo afirmou, via Twitter, que está “sob intervenção da censura”, sem qualquer tipo de prova, por não conseguir publicar vídeos em sua página no YouTube.

Apesar de dizer que não conseguia postar na plataforma, Olavo publicou, na manhã desta terça-feira (17/11), um vídeo no YouTube sobre a venda promocional de seus livros em uma loja on-line.

Últimas notícias