Ministério da Saúde aguarda 41 milhões de doses contra Covid em julho

Previsão vinha sendo comentada por integrantes do órgão, mas foi oficializada em documento publicado na página da pasta nessa quinta-feira

atualizado 25/06/2021 9:03

chegada do 1º lote da vacina da janssen em goiásVinícius Schmidt / Metrópoles

O Ministério da Saúde espera receber 41,9 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 no mês de julho. A previsão vinha sendo comentada por integrantes do órgão, mas foi oficializada em documento publicado na página da pasta na quinta-feira (24/6).

De acordo com a projeção, a pasta espera receber 15 milhões de vacinas da Pfizer no próximo mês. A expectativa inicial era de apenas 8 milhões, mas, na última semana, o órgão negociou uma antecipação de 7 milhões de unidades para o mês que vem.

A pasta também aguarda, para julho, a chegada de 15 milhões de imunizantes AstraZeneca, produzidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ainda há previsão de entrega pelo consórcio global Covax Facility, coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 1,9 milhão de doses da AstraZeneca.

Para completar a projeção do próximo mês, o Ministério da Saúde conta com 10 milhões de vacinas Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan. Apesar de expor os quantitativos esperados para julho, o documento frisa que variáveis podem provocar mudanças nas datas. Algumas delas são o não recebimento de insumos, questões logísticas e atraso nas entregas das farmacêuticas.

0

Janssen

O país não tem expectativas de receber vacinas da Janssen no mês de junho. Nesta semana, o Ministério da Saúde recebeu três remessas de imunizantes da farmacêutica. A primeira chegou na terça-feira (22/6), com 1,5 milhões de doses.

Segundo o Ministério da Saúde, as vacinas fazem parte da compra de 38 milhões de doses da farmacêutica feita pelo governo federal. No início de junho, o ministro Marcelo Queiroga anunciou a antecipação de 3 milhões de unidades para este mês.

O governo, entretanto, não conseguiu antecipar todas as unidades esperadas para o mês. Além do total de 1,5 milhão de doses entregues na terça, o país recebeu mais 300 mil unidades da compra na quinta-feira (24/6). Nesta sexta-feira, o Brasil receberá outros 3 milhões de imunizantes da empresa. Esses, no entanto, são parte de uma doação feita pelos Estados Unidos.

Últimas notícias