Mansão foi comprada com venda de imóvel no Rio, diz Flávio Bolsonaro

Senador comprou uma casa de luxo no Lago Sul que pertencia à RVA Construções e Incorporações. O imóvel custou R$ 5,97 milhões

atualizado 02/03/2021 10:54

Condomínio Ouro Branco nova mansão do senador Flávio Bolsonaro avaliada em quase R$ 6 milhões.Igo Estrela/Metrópoles

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse, nesta terça-feira (2/3), em nota, que a mansão recém-adquirida por ele no Lago Sul, região nobre de Brasília, foi comprada com “recursos próprios”.

O montante veio, especialmente, segundo Flávio — que recebe R$ 24,9 mil líquidos como senador da República —, da venda de um imóvel no Rio de Janeiro.

Ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2018, Flávio declarou ter um apartamento residencial na Barra da Tijuca, avaliado em R$ 917,04 mil. A casa de luxo no Lago Sul foi comprada por R$ 5,97 milhões.

“Mais da metade do valor da operação ocorreu por intermédio de financiamento imobiliário. Tudo registrado em escritura pública”, ressaltou o parlamentar.

0

Na matrícula, consta o parcelamento de R$ 3,1 milhões via BRB, em 360 meses. A mansão pertencia à RVA Construções e Incorporações, do advogado e empresário Juscelino Sarkis.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, as condições do financiamento do imóvel de Flávio Bolsonaro no Banco de Brasília (BRB), no valor de R$ 3,1 milhões, foram bastante vantajosas.

Segundo o simulador do BRB, um financiamento no valor do obtido pelo senador, com o mesmo prazo de pagamento, exigiria renda líquida de R$ 46,8 mil.

Últimas notícias