Jefferson pede interferência das Forças Armadas no STF: “Contragolpe”

Aliado de Bolsonaro, ele é alvo do inquérito contra as Fake News que corre no Supremo

atualizado 28/05/2020 12:39

WILTON JUNIOR/Estadão

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, pediu a convocação das Forças Armadas contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o político disse que só depende do mandatário da República e que a Corte “nos levará ao caos”.

“O povo anseia por isso. Contragolpe”, reforçou Jefferson. O requerimento foi feito pelo Twitter nesta quinta-feira (28/05), em uma ressalta à fala de Bolsonaro exigindo o fim do inquérito das Fake News. “Acabou Porra”, disse o presidente, pela manhã.

Alvos

Jefferson é alvo do inquérito que corre no STF com relatoria do ministro Alexandre de Moraes. Ele foi aberto em 14 de março de 2019, em portaria assinada pelo presidente da Corte, Dias Toffoli. Nessa quarta-feira (27/05) foram cumpridos 29 mandados de busca e apreensão nas residências e escritórios de políticos e empresários acusados de propagar notícias falsas. Entre estes, Allan dos Santos, Luciano Hang e as deputadas Carla Zambelli (PSL-SP) e Bia Kickis (PSL-DF).

Todos os investigados são próximos a Bolsonaro e defendem o governo. Para o presidente da República, trata-se de uma provocação política do Supremo.

0

Últimas notícias