Rachel Sheherazade comandará programa de entrevistas no Metrópoles

No portal de notícias, a jornalista vai conversar com personagens com relevância nacional do meio político, econômico, jurídico e social

atualizado 29/09/2020 16:26

Rachel SheherazadeReprodução

A jornalista Rachel Sheherazade foi contratada pelo portal Metrópoles e passará a apresentar um programa semanal de entrevistas. O conteúdo, em vídeo, abastecerá todas as plataformas do site.

Apresentadora do SBT Brasil nos últimos nove anos, Rachel é conhecida em todo o país pelas posições firmes que adotou como jornalista ao longo de sua carreira, iniciada na Paraíba.

No Metrópoles, Rachel Sheherazade vai entrevistar personagens com relevância nacional do meio político, econômico, jurídico e social. “O novo programa terá, em primeiro lugar, liberdade editorial. Será possível entrevistar qualquer personalidade, independentemente de suas ideias e posicionamento. Pluralidade é a palavra chave. O público pode esperar entrevistas dinâmicas, reveladoras, incisivas, com muito respeito pelo entrevistado, mas também com muita coragem, personalidade e sem censura”, disse a jornalista.

“Estamos muito animados com a chegada de Rachel Sheherazade em nosso time. Ela é uma mulher forte, uma jornalista muito competente. Dará voz a importantes e necessários debates que contribuirão para o fortalecimento da democracia e a construção de um país mais justo”, diz a diretora-executiva do Metrópoles, Lilian Tahan.

Histórico
Rachel Sheherazade é paraibana, de João Pessoa, e é formada em jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba. Ingressou no mercado no ano 2000, quando foi aprovada em uma seleção de repórteres na TV Correio, afiliada da Record no estado. Em 2001, foi convidada a integrar o time de jornalistas da TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo, onde atuou por dois anos como repórter.

Em 2003, assumiu sua primeira bancada, a convite da TV Tambaú, afiliada do SBT na Paraíba. Paralelamente, Rachel Sheherazade atuou como assessora de imprensa do Tribunal de Justiça da Paraíba, onde criou, junto ao diretor Pedro Dantas, o núcleo de TV daquela Corte. Ainda no âmbito do Judiciário, foi correspondente da TV Justiça.

Em 2011, após um editorial sobre o Carnaval que viralizou na internet, Rachel Sheherazade foi convidada pelo SBT a ancorar seu principal telejornal, o SBT Brasil ao lado de Joseval Peixoto. No noticiário, os âncoras também emitiam opiniões diárias sobre as temas importantes do dia. Esse quadro foi retirado do ar após pressões políticas e Rachel Sheherazade seguiu comandando o programa, tendo trabalhado ao lado de Carlos Nascimento e mais recentemente de Marcelo Torres.

A jornalista ainda ancorou o Jornal da Manhã, principal noticiário da Rádio Jovem Pan, novamente ao lado de Joseval Peixoto. Escreveu o livro O Brasil Tem Cura, prefaciado pelo professor e historiador Marco Antonio Villa. Após 10 anos de parceria com o SBT, Rachel Sheherazade deixou a emissora com fim de seu último contrato.

Últimas notícias