Governo libera R$ 8,5 milhões para doação à Aliança Global para Vacinas

Grupo é um consórcio de diversos países para acelerar as pesquisas científicas de vacinas contra a Covid-19

atualizado 18/11/2020 12:34

seringasGetty Images

O governo brasileiro destinou R$ 8,5 milhões para doação à Aliança Global para Vacinas e Imunização (Gavi), consórcio de diversos países para acelerar as pesquisas científicas de vacinas, tratamentos e testes de diagnóstico da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Nesta quarta-feira (18/11), a Presidência da República publicou no Diário Oficial da União (DOU) a lei que abre o orçamento para criar o crédito especial do investimento. A liberação ocorre após aprovação do Congresso Nacional.

0

O plano internacional foi lançado em março pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom. Inicialmente, o Brasil ficou fora do acordo por opção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O objetivo do projeto é arrecadar 7,5 bilhões de euros, aproximadamente US$ 8,10 bilhões, para as ações.

Em setembro, o governo federal, por meio da edição de duas medidas provisórias (MPs), entrou no consórcio e fez o primeiro aporte — R$ 2,5 bilhões.

 

Últimas notícias