Garota de 15 anos morre após ser agredida com golpes de panela na cabeça

Dias depois de ser agredida com panela por amiga, a garota sentiu mal-estar e foi encaminhada a um hospital em Fortaleza

atualizado 28/01/2021 11:47

Arquivo pessoal

Maria Eduarda, de 15 anos, morreu após ser agredida várias vezes com uma panela na cabeça no município de Mombaça (CE). Segundo a Polícia Civil, uma amiga da vítima se apresentou na delegacia e afirmou ter agredido a garota depois de uma discussão.

A agressão ocorreu no primeiro dia do ano e Maria Eduarda faleceu no dia 10 de janeiro. As informações são do G1.

Rodrigo Delamary,  titular da delegacia responsável pela investigação do caso, contou que testemunhas afirmaram que Maria foi atingida por vários golpes de panela na cabeça e nas costas, além de sofrer uma mordida no peito.

“Ela de fato confessa que chegou a lesionar a vítima. Testemunhas dizem que ela foi espancada e mordida no peito que inclusive arrancou um pedaço do peito da vítima. E também levou pancadas com uma panela na cabeça e nas costas. Certamente essas lesões vêm no laudo pericial”, disse Delamary.

O delegado contou que a vítima estava na casa da amiga, quando as duas discutiram por motivo banal e acabaram brigando. Depois de sofrer as agressões, Maria Eduarda voltou para casa, disse sentir um mal-estar e foi socorrida.

A agressora foi identificada como Daiana Rodrigues da Silva, 32 anos. Ela foi indiciada pelo crime de lesão corporal seguida de morte.

O Hospital Municipal de Mombaça, local onde a jovem ficou internada, informou que a jovem buscou ajuda médica em três ocasiões. Na última vez, foi internada com febre e vômito.

Ela foi questionada se algo teria acontecido e disse que tinha sido agredida. Dias depois, ela foi encaminhada para um hospital de Fortaleza, onde morreu com trauma cranioencefálico.

 

Últimas notícias