Ex-estagiária de Lewandowski termina depoimento para a PF

Tatiana Bressan saiu da PF em Brasília às 16h20, após pouco mais de duas horas. Ela é apontada como informante de blogueiro bolsonarista

atualizado 07/10/2021 17:27

Hugo Barreto/Metrópoles

Tatiana Bressan,  ex-estagiária do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, deixou a sede da Polícia Federal (PF) às 16h20, depois de prestar depoimento por cerca de duas horas sobre a sua atuação como informante para o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos.

A PF cumpriu mandatos de busca e apreensão na casa dela na tarde desta quinta-feira (7/10), depois de mensagens trocadas entre ela e dos Santos serem reveladas pelo jornal Folha de São Paulo.

Nas mensagens, o blogueiro pede para que ela atue como informante dele no gabinete. Eles se conheceram em um curso do escritor Olavo de Carvalho, ideólogo de parte da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

As trocas de mensagens estão no inquérito das fake news, tocado pelo STF e compartilhado com a CPI da Pandemia, do Senado Federal.

Tatiana deixou a PF às 16h20

Últimas notícias