Em SP, Covas visita “figuras históricas” do PSDB no último dia de campanha

Sem carreatas, prefeito e candidato à reeleição toma café na casa de militantes do partido na zonas oeste e leste da cidade

atualizado 28/11/2020 16:46

Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição durante visita e eleitores em são paulo eleicoes 2020 SPFábio Vieira/Especial Metrópoles

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), fez uma “agenda de cafés” com figuras consideradas históricas dentro do seu partido, no último dia de campanha eleitoral.

O roteiro, realizado entre as 10h e as 14h30 deste sábado (28/11), incluiu visitas a cinco apoiadores, em Jaraguá, zona oeste, e os bairros na zona leste Parque Guaianazes, Vila Ré, Vila Nova Manchester e Heliópolis. A ideia, segundo a assessoria da campanha, era também o candidato estar em vários pontos da cidade, o que seria difícil com carreatas.

“São figuras históricas do meu partido, pessoas que começaram a fazer política ainda com meu avô, Mário Covas”, afirmou o candidato à reeleição, acrescentando que o ato foi uma forma de agradecer a militância.

Uma das apoiadoras que recebeu a visita do prefeito foi Maria Lurdes Silva, de 77 anos, a Lurdinha, que ajudou a fundar o PSDB e montou o diretório do Tatuapé.

“Nós acreditamos em uma cidade melhor e em um país melhor. Não faço diferença entre direita e esquerda, faço diferença no caráter. O caráter é o divisor de águas”, afirmou Maria Lourdes, que, durante o café, relembrou histórias de militância, elogiou Covas e atacou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na reta final da campanha eleitoral paulistana,  Covas marca 54% dos votos válidos, e o candidato do PSol, Guilherme Boulos, 46%, segundo pesquisa do Datafolha divulgada na quinta-feira (26/11).

0

Últimas notícias