Consumo de carne vermelha no Brasil chega ao menor nível em 26 anos

Crise econômica, desemprego, alta do dólar e queda na renda são fatores que tiraram a carne do prato dos brasileiros

atualizado 06/10/2021 20:07

carne de cavaloPixabay

O consumo de carne vermelha entre os brasileiros deve chegar ao menor nível pelo menos desde 1996, quando começou a série histórica da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). De acordo com a entidade, o consumo do alimento diminuirá em quase 14% neste ano, se comparado a 2019, antes da pandemia.

Além dos efeitos da Covid-19, uma série de fatores tem afetado o consumo da carne de boi. A alta do dólar, que superou os R$ 5,50 nesta quarta-feira (6/10), faz com que os grandes produtores de carne prefiram a exportação, que tem demanda crescente sobretudo da China.

Ao mesmo tempo, a renda média da população tem taxas em queda e o desemprego atinge 14,1 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São 13,7% dos brasileiros economicamente ativos sem conseguir emprego no trimestre fechado em julho, redução de 1 ponto percentual em relação ao período de três meses encerrado em abril.

0

Em efeito cascata, por outro lado, proteínas mais baratas se “popularizaram”. O consumo de ovos per capita é o maior em 20 anos.

Há, também, registro de alta no consumo de carnes suína e de frango, além das partes menos nobres dos animais, como os pés. Os brasileiros mais necessitados, inclusive, têm sido obrigados a apelar para ossos que antes viravam ração.

Últimas notícias