Doria apela a Bolsonaro que se reúna com governadores: “Preservar vidas”

Chefe do Executivo de São Paulo reclamou de mau exemplo do presidente da República: "Não usando máscara, promovendo aglomerações"

atualizado 26/10/2020 14:52

Fábio Vieira/Especial para o Metrópoles

São Paulo – O governador paulista João Doria (PSDB) apelou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por uma reunião entre ele e os governadores em Brasília para tratar das ações de combate ao coronavírus.

“Convide os governadores para um encontro cuja pauta seja a preservação da vida. Quem sabe com uma atitude como essa o senhor possa demonstrar grandeza?”, disse Doria em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, nesta segunda-feira (26/10).

0

A visita de Bolsonaro à Feira do Cruzeiro, em Brasília, no domingo (25/10) foi alvo de críticas de Doria.

“Lamento que o presidente Bolsonaro volte a dar mau exemplo, não usando máscara, promovendo aglomerações, não dando uma palavra sequer de solidariedade às pessoas que perdem sua vida diariamente no Brasil”, discursou. “São 500 pessoas que morrem todos os dias e não vejo o presidente sequer manifestar solidariedade aos familiares dessas pessoas”, completou o tucano.

Veja as declarações:

Doria e Bolsonaro protagonizam uma disputa em torno da vacina contra o coronavírus. Mais cedo, nesta segunda, o presidente voltou a  abordar o assunto em conversa com apoiadores em Brasília.

“O que a gente tem que fazer aqui é não querer correr, não querer atropelar, não querer comprar dessa ou daquela sem nenhuma comprovação ainda. A gente aguarda, para melhor poder falar sobre esse assunto, a publicação disso numa revista científica. Agora, pelo o que tudo indica, todo mundo diz que a vacina que menos demorou até hoje foram quatro anos. Eu não sei por que correr em cima dessa”, disse.

Últimas notícias