Destinos turísticos de Goiás adotam restrições para o feriadão; veja

Para o feriado de Corpus Christi, nesta quinta (3/6), e que será estendido em vários lugares, municípios adotaram medidas diferentes

atualizado 03/06/2021 8:56

JP Rodrigues/ Especial para Metropoles

Goiânia – As cidades turísticas de Goiás não devem seguir um modelo único de medidas de controle contra a disseminação da Covid-19 durante o feriado prolongado de Corpus Christi, que começa nesta quinta-feira (3/6). Cada município adota uma modalidade diferente, baseada nos decretos locais e elaboradas de acordo com entendimento próprio sobre a pandemia.

Dentre as cidades turísticas, Caldas Novas e Rio Quente são os municípios com regras mais flexíveis. Na terça-feira (1º/6), o governador Ronaldo Caiado (DEM) disse que tentaria afinar as medidas restritivas com os prefeitos, em consonância com a equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde.

No entanto, ainda não foi divulgado um alinhamento com as cidades.

Ao contrário do que ocorreu no Carnaval, por exemplo, quando o Governo de Goiás cancelou o ponto facultativo e até o próprio feriado, desta vez o estado possibilitou que o funcionalismo público esticasse os dias de folga.

Aglomerações

Em algumas oportunidades, em fins de semanas anteriores, destinos turísticos do estado registraram aglomerações. Pirenópolis, por exemplo, teve tumulto na Rua do Lazer em mais de uma ocasião, o que levou a prefeitura a adotar medidas mais restritivas. Mas nem isso foi suficiente. Mais problemas voltaram a ocorrer.

Com o Mapa da Pandemia elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) indicando a maior parte da região em estado de calamidade,  que é o pior possível, há a preocupação de que a situação se descontrole nas próximas semanas, quando virão os reflexos do atual feriado prolongado.

0

Cada município turístico adotou um modelo para o feriado de Corpus Christi. Veja as principais especificidades:

Caldas Novas

No principal destino turístico de Goiás, Caldas Novas, segue a vigência do decreto publicado no dia 21/5, que estabelece a ocupação máxima de 75% para hotéis, flats e similares. Bares e restaurantes estão autorizados a funcionar até as 2h, também com capacidade máxima de 75%.

Rio Quente

Rio Quente, cidade vizinha a Caldas, o modelo adotado é semelhante, com hotéis e clubes aquáticos autorizados a funcionar com 75% da capacidade. A prefeitura, inclusive, publicou comunicado dizendo que “espera receber muitos turistas no feriado de Corpus Christi“.

Cidade de Goiás

A antiga capital do estado, sempre muito procurada em feriados religiosos, determinou a colocação de três barreiras sanitárias na entrada da cidade. Nesses locais, equipes devem realizar a testagem rápida nos turistas. No município, pousadas e hotéis podem funcionar com 30% da capacidade.

O consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estabelecimentos está proibido. Também foi estabelecida Lei Seca, ou seja, em toda a Cidade de Goiás, está vetada a venda de bebidas alcoólicas a partir das 19h. Já em clubes, os restaurantes são os únicos espaços permitidos e são restritos aos hóspedes.

Pirenópolis

A cidade de Pirenópolis, no Entorno do Distrito Federal, exige apresentação de reserva para entrada dos turistas. Os empreendimentos turísticos devem funcionar com capacidade de 50%. Bares e restaurantes poderão abrir até as 23h e haverá toque de recolher à 0h. O município ainda não concedeu ponto facultativo na sexta-feira (4/6).

Alto Paraíso

Trata-se do destino preferido daqueles que procuram as belezas naturais da Chapada dos Veadeiros. O povoado de São Jorge, no portal de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, é um dos pontos mais procurados. Alto Paraíso, a sede do município, terá a lotação máxima dos atrativos turísticos estabelecida em 50% da capacidade, enquanto hotéis e pousadas deverão restringir a lotação a 65%. Restaurantes, lanchonetes e bares ficarão abertos também com 50% de ocupação, das 6h às 23h.

Cavalcante

Trata-se de outro destino muito procurado na Chapada dos Veadeiros. Por meio de decreto divulgado nesta quarta-feira (2/6), a prefeitura de Cavalcante determinou que restaurantes, lanchonetes, padarias, bares e similares podem funcionar durante o feriado até as 21h, com lotação máxima de 50% da capacidade de atendimento a pessoas sentadas. Ficam vedados a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas no interior dos estabelecimentos, bem como apresentações artísticas ou sonorização mecânica.

Supermercados e distribuidoras de bebidas só poderão comercializar bebidas alcoólicas na modalidade delivery, ou seja, por entrega, entre 6h e 21h. Também haverá toque de recolher entre 22h e 5h em todo o território do município.

Aruanã

A cidade de Aruanã, às margens do rio Araguaia, também manterá restrições neste feriado de Corpus Christi. Assim, bares e restaurantes têm horário reduzido de funcionamento, além de número máximo de pessoas nesses estabelecimentos. Eventos, pesca esportiva e aglomerações estão proibidos no município.

Últimas notícias