Casal de empresários e policial são mortos na porta de boate no Rio

As vítimas foram atingidas por disparos ao saírem de uma balada no Recreio dos Bandeirantes. Atiradores estavam em um carro branco

atualizado 20/01/2022 17:46

casal de empresários assassinado na porte de boate no recreio dos bandeirantes, rio de janeiroReprodução

Um casal de empresários e um policial militar foram assassinados na madrugada desta quinta-feira (20/1), na saída de uma boate no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de janeiro.

Gabriel José Maggio Afonso, de 35 anos, e a esposa, Natasha Nunes Fernandes, 39, estavam acompanhados do policial Fábio Jansen dos Santos, 44. Os três foram atingidos por tiros disparados por homens que passaram de carro pela porta do local.

Policial militar morto na porta de boate do recreio dos bandeirantes, no rio de janeiro
Policial militar Fábio Jansen dos Santos, de 44 anos

A boate fica na Rua Guilherme de Almeida, e o carro utilizado pelos assassinos foi um Voyage branco. A investigação instaurada pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) apura se Gabriel teria ligação com a milícia e a máfia dos caça-níqueis.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) informou que os tiros foram ouvidos por policiais que atuam no batalhão da região por volta das 4h20. Os homens se deslocaram, rapidamente, até a porta da boate, mas encontraram o empresário Gabriel já morto.

A esposa dele, Natasha, e o policial Fábio ainda estavam com vida e chegaram a ser levados pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiram aos ferimentos.

Agentes da DHC fizeram a perícia do local. De acordo com a Polícia Civil, a investigação tenta elucidar o crime e identificar os autores, assim como a motivação.

O barulho dos tiros assustou as pessoas que trabalhavam e passavam pela via no momento do ocorrido. Testemunhas relataram à polícia que ouviram cerca de 10 disparos.

Mais lidas
Últimas notícias