Bolsonaro diz que pode influenciar eleições em São Paulo, Santos e Manaus

Presidente disse que não vai abrir seus candidatos preferidos ainda, mas que pode mudar de ideia ao longo da campanha para as prefeituras

atualizado 24/09/2020 19:59

Marcos Corrêa/PR

Sem compromisso com partidos já que não está filiado a nenhum, o presidente Jair Bolsonaro resiste cada vez menos a se envolver nas eleições municipais de 2020. Em transmissão pelo Facebook nesta quinta-feira (24/9), ele se recusou a citar os nomes, mas disse que tem candidatos em pelo menos três cidades e que pode vir a fazer campanha por eles.

“Em Santos é uma pessoa muito conhecida e espero que cresça nas pesquisas. Em Manaus também é um excelente candidato. Assumi que não ia me envolver na campanha, mas a gente pode mudar de ideia se chegar num ponto que achar que posso influenciar nessas três cidades”.

Em São Paulo o candidato que diz ter o apoio presidencial é Celso Russomano (Republicanos), mas Bolsonaro também não apoiou publicamente seu nome.

Veja a live do presidente nesta quinta:

O presidente não costuma dar crédito para as pesquisas, mas pode comemorar números mais favoráveis em mais uma divulgada nesta quinta-feira (24/9), a da CNI/Ibope, que apurou em 40% os brasileiros que consideram o governo Bolsonaro como “ótimo” ou “bom”.

O percentual reverte a tendência de queda que era observada até dezembro do ano passado, quando foi publicada a última edição do levantamento. Nesse clima favorável do ponto de vista da opinião pública, Bolsonaro realiza neste início de noite sua transmissão semanal pelo Facebook.

Dado negativo para Bolsonaro na mesma pesquisa Ibope é que 57% dos brasileiros não apoiam a atuação do governo nas questões ambientais. Com as queimadas batendo recordes no Pantanal, o presidente deve voltar ao tema, do qual já tratou em sua fala na Assembleia Geral da ONU nesta semana. Na live, ele está com o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, que defendeu sua política ambiental.

Últimas notícias