CNI/Ibope: 60% reprovam política de Bolsonaro para combater o desemprego

Dos 2 mil entrevistados na pesquisa, apenas 37% afirmaram que estão satisfeitos com a questão empregatícia no país

atualizado 24/09/2020 15:24

Carteira de Trabalho e Previdência SocialFelipe Menezes/Metrópoles

Pesquisa de popularidade realizada pelo Ibope, a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), aponta que 60% dos brasileiros desaprovam as políticas públicas de combate ao desemprego do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (24/9).

Dos 2 mil entrevistados na pesquisa, apenas 37% afirmaram que estão satisfeitos com a questão empregatícia no país. Outros 3% disseram não saber ou preferiram não responder.

Além do desemprego, as políticas públicas voltadas para o meio ambiente também não agradam os entrevistados. Em contrapartida, o governo apresentou mais da metade de aprovação em questões referentes à segurança pública.

Do total de entrevistados, quase 50% classificam a gestão de Bolsonaro como melhor em comparação ao governo do antecessor, Michel Temer. O estudo também apontou crescimento na popularidade e confiança do presidente.

Confira outros números da pesquisa: 

0

 

Últimas notícias