Bolsas do CNPq estão garantidas até o fim do ano, afirma Pontes

Descontingenciamento anunciado pelo Ministério da Economia nesta semana garantiu R$ 156 milhões de volta à pasta

atualizado 17/10/2019 13:41

Marcos PontesMarcelo Camargo/Agência Brasil

Os recursos para bolsas de pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) estão garantidos até o fim deste ano. A informação foi dada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) na manhã desta quinta-feira (17/10/2019).

De acordo com a pasta, foi efetuada a suplementação à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019 para pagamento das bolsas do CNPq dos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado no valor de R$ 250 milhões. Desse total, R$ 156 milhões foram garantidos pelo novo descontingenciamento.

“Havia uma preocupação muito grande com o pagamento das bolsas do CNPq. São 84 mil pesquisadores desde iniciação científica até pesquisadores seniores na espera desse resultado”, disse Marcos Pontes, chefe da pasta. “Os pesquisadores podem dormir sossegados e eu também até o final do ano”, sinalizou. 

Para 2020, a proposta de lei orçamentária prevê recursos para as atividades do CNPq e o problema não deve se repetir, segundo o ministério. “A situação deste ano ocorreu devido ao orçamento insuficiente da lei orçamentária aprovada em 2018 que destinou recursos inferiores ao que era necessário para o CNPq”, explicou a pasta em nota.

Últimas notícias