Ator Eduardo Galvão morre vítima de Covid-19

Ele havia sido hospitalizado no último dia 28 de novembro. Na ocasião, o artista estava com 50% de comprometimento dos pulmões

atualizado 08/12/2020 9:44

Globo/Divulgação

Após uma semana internado com Covid-19 na UTI do Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, o ator Eduardo Galvão, de 58 anos, não resistiu à doença e faleceu, no fim da noite dessa segunda-feira (7/12).

O artista havia sido hospitalizado no último dia 28 de novembro. Na ocasião, estava com 50% de comprometimento dos pulmões. O quadro de Eduardo piorou, e ele foi intubado na terça-feira passada (1º/12).

“Meu pai precisou ser intubado, mas, no momento, está estável, com os rins funcionando bem, a pressão arterial estabilizada e os pulmões descansando para desinflamar como tem que ser. E está descansando, o que vai fortalecê-lo com certeza”, havia dito a filha de Eduardo, Mariana Galvão.

A última novela de Eduardo foi “Bom Sucesso”, em 2019, na qual interpretou o dr. Machado. Na Globo, o ator era conhecido por trabalhos como o infantil “Caça Talentos” (1996), ao lado de Angélica, e tramas como “Despedida de Solteiro” (1992), “Porto dos Milagres” (2001) e “O Beijo do Vampiro” (2002).

0

Últimas notícias