Aos 10 anos, filho de goleiro Bruno treina para ser jogador de futebol

Bruninho mora com a avó materna, Sônia Silvia Moraes, em Campo Grande (MS). Com o sucesso em campo, ele conseguiu bolsa de estudos

atualizado 19/11/2020 15:23

Goleiro BrunoReprodução/Instagram

O filho do goleiro Bruno Fernandes de Souza e da modelo Eliza Samúdio — assassinada pelo jogador de futebol em 2010 — continua os passos do pai no esporte.

Bruninho, como é chamado carinhosamente pela família, tem 10 anos de idade e treina em uma escola de futebol em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Em entrevista ao Jornal Extra, a avó materna do menino, Sônia Silvia Moraes, conta que ele conquistou títulos em campeonatos estaduais e sub-12.

0

A avó, que tem a guarda da criança, conta que o menino sempre teve interesse no esporte — antes mesmo de saber a profissão do pai e da condenação pelo assassinato de Eliza Samúdio. Ao Extra, a avó disse que o garoto soube do crime em 2019 e que a criança não tem vontade de conhecê-lo.

“Foi uma coisa inconsciente, nasceu dele, e não influência do pai. A mãe dele também foi goleira por 10 anos. Quando ele falou que queria ser goleiro, o levei a uma escolinha para uma aula experimental. No final do treino, o preparador disse que ele era um goleiro nato, que só precisava de treinamento. Ele leva jeito”, conta Sônia.

Com o sucesso em campo, Bruninho conseguiu uma bolsa integral de estudo e vaga de atleta na escola. O garoto tem um treinador de goleiro e personal.

Sônia afirmou que não gostaria que o menino fosse jogador de futebol, “mas é a escolha dele”. “Demorei um tempo para aceitar isso. A minha psicóloga falou que a gente não escolhe o que o outro quer ser, que temos que aconselhar e apoiar”, conta.

Condenação

Em 2013, Bruno Fernandes de Souza foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio modelo, além do sequestro e cárcere privado do filho que teve com ela. A pena foi reduzida para 20 anos e nove meses em 2017.

Desde julho de 2019, Bruno segue em regime semiaberto. Em julho deste ano, ele foi contratado pelo clube de futebol Rio Branco, do Acre.

Últimas notícias