Adolescente de 16 anos é baleado no pescoço na zona norte do Rio

Wesley Souza foi atingido quando retornava do supermercado, no Morro São João, perto de onde a gestante Kathlen Romeu morreu, um dia antes

atualizado 10/06/2021 10:17

Foto: Arquivo Pessoal

Rio de Janeiro – Um dia após a designer de interiores e vendedora Kathlen Romeu, de 24 anos, ser morta atingida por um tiro de fuzil enquanto visitava a avó, no Complexo do Lins, na zona norte, o adolescente Wesley Souza, de 16 anos, foi baleado na mesma região da cidade, desta vez no Morro São João, no Engenho Novo, subúrbio do Rio.

Wesley foi atingido no pescoço quando voltava para casa depois de comprar sorvete em um supermercado perto de casa. Ferido, ele foi socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, onde foi operado. A Secretaria Municipal de Saúde ainda não informou o estado de saúde do adolescente.

Policiais relataram que a família de Wesley se mudou do Ceará para o Rio há cerca de um ano e que o tiro teria atingido a vítima de raspão, informação contestada pela família, que afirma que a bala teria ficado alojada no pescoço do menino.

A Polícia Militar informou que agentes da UPP São João foram atacados por criminosos quando se deslocavam na comunidade.

Procurada pelo Metrópoles, a Polícia Civil informou que investigadores da 25ª DP (Engenho Novo), onde o caso foi registrado, já ouviram uma testemunha e que as investigações “estão em andamento para identificar o autor do disparo”.

Últimas notícias